MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
29/11/2022 às 17h04min - Atualizada em 29/11/2022 às 17h04min

Promotor Jadilson Cirqueira participa de curso sobre combate a transporte ilegal de madeiras e crimes ambientais

CCOM-MPMA
Promotor Jadilson Cirqueira representou o MPMA no curso - Fotos: Divulgação/CCOM-MPMA
 
O titular da 3ª Promotoria de Justiça de Meio Ambiente de Imperatriz, Jadilson Cirqueira de Sousa, participou, entre os dias 14 e 18 de novembro, do curso “Transporte Ilegal de Madeiras e Crimes Ambientais”, na Academia Internacional de Aplicação da Lei, em Gaborone, capital de Botswana, na África. 

Com aulas teóricas, oficinas práticas e simulações de investigações, o treinamento foi ministrado por profissionais do Serviço Florestal dos Estados Unidos. Participaram delegações de diversos países africanos, além de profissionais com atuação na defesa ambiental. Os profissionais brasileiros incluíram delegados de polícia, procuradores da República, além de integrantes da Força Nacional e das Polícias Federal e Militar Ambiental. 

Um dos objetivos foi proporcionar formação de qualidade e assistência para desenvolvimento institucional e eficiência no combate a crimes transnacionais.

A programação incluiu temas como identificação de madeiras, cooperação internacional, corrupção, lavagem de dinheiro e técnicas de investigação, além da importância e dos métodos de compilação e documentação precisa de informações. Dados sobre o mercado global de madeira também foram apresentados.

AVALIAÇÃO
Segundo o representante do Ministério Público do Maranhão (MPMA), é necessária mais cooperação internacional para o combate ao crime de extração e transporte ilegal de madeiras. “A diversidade de experiências dos participantes do treinamento proporcionou riqueza e profundidade na troca de visões entre servidores de órgãos que atuam prioritariamente em diferentes fases da apuração criminal envolvendo crimes ambientais”, avaliou.

Ainda de acordo com ele, a experiência adquirida com o curso e o conhecimento das legislações de direito comparado contribuirá com os trabalhos diários do MPMA voltados à defesa do meio ambiente, em especial, o combate ao transporte ilegal de madeiras, garantindo responsabilização criminal e cível dos infratores que atuam na parte amazônica do Maranhão. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90