MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
28/11/2022 às 23h29min - Atualizada em 28/11/2022 às 23h29min

Três homens são presos pela PF após receberem 1.000 selos de nova droga sintética em Araguaína

Nova tática está sendo usada por traficantes para não levantar suspeitas

(AF/Notícias)
PF diz que selos são substâncias psicotrópicas - Divulgação / PF
  
Três homens foram presos em flagrante pela Polícia Federal em Araguaína (TO) após receberem na agência dos Correios aproximadamente 1.000 selos de uma nova droga sintética.

O entorpecente estava dividido em duas folhas de papel pontilhado de 500 selos cada. A prisão ocorreu na agência localizada na Avenida Ademar Vicente Ferreira, centro da cidade, na última sexta-feira (25/11).

Conforme a PF, os selos são substâncias psicotrópicas da família da metanfetamina, conhecidas popularmente como Ecstasy (MDMA, MDA, MDEA, MDPA) cujo valor estimado no mercado é de aproximadamente R$ 50 mil.

Os suspeitos foram autuados pela prática dos crimes de associação ao tráfico e tráfico de drogas, cujas penas podem ultrapassar 15 anos de reclusão e multa, conforme os artigos 33 e 35 c/c art 40, V da Lei 11.343/2006 (Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas - Sisnad).

Com conhecimentos avançados em farmacologia e química, os criminosos desenvolveram novas drogas em forma de selos postais, o que dificulta a identificação. Em forma de selos, as drogas podem ser facilmente escondidas ou vendidas à distância e entregues aos usuários pelos Correios, em envelopes de cartas.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90