MENU

12/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 12/11/2020 às 00h00min

Polícia Federal faz operação para coibir compra de votos pelas redes sociais em Araguaína

Vereador é alvo de busca e apreensão

Com Informações da PF
Cerca de 12 policiais federais participam da ação - Foto: Divulgação/PF
A Polícia Federal deflagrou operação para cumprir 3 mandados de busca e apreensão no município de Araguaína, norte do Tocantins, com o objetivo de coibir suposta compra de votos. Entre os alvos está um vereador da cidade.

A operação foi denominada de ‘Desunidos’ e ocorre na manhã desta quarta-feira (11). Cerca de 12 policiais federais participam da ação. Os mandados foram expedidos pela 1ª Zona Eleitoral de Araguaína.

A Polícia Federal afirmou que teve conhecimento de que um vereador estaria prometendo R$ 200 em um grupo de aplicativo de nome ‘Unidos Venceremos’ a cada participante que votasse no candidato recomendado.

Conforme a PF, os investigados poderão responder pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e falsidade ideológica eleitoral.

O nome da operação faz alusão ao grupo de aplicativo ‘Unidos Venceremos’, em referência ao grupo criado para troca de informações e agenciamento ilícito de eleitores.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...