MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
28/10/2022 às 18h54min - Atualizada em 28/10/2022 às 18h54min

Professora é atropelada na rodovia Pedro Neiva de Santana

Ela integra grupo de pedal da cidade, que realiza atividade física por meio de bicicleta

Dema de Oliveira
O acidente aconteceu em frente a Associação Atlética Banco do Brasil - Foto: Divulgação
 
A Avenida Pedro Neiva de Santana, entre Imperatriz e João Lisboa e que dá acesso a outros municípios da Região, continua sendo uma das vias mais perigosas em razão do registro de acidentes, em especial atropelamentos. Foram dois casos em um período de 24 horas no trecho imperatrizense, um dos casos com morte.

O caso mais recente aconteceu na noite dessa quinta-feira (27), quando um veículo Gol, de cor vermelha, segundo informações de populares em velocidade acima da compatível para o local, atropelou uma ciclista. A mulher, que é professora e integra um “grupo de pedal” da cidade, foi atingida quando estava em sua faixa. Ela foi socorrida ao Hospital Municipal de Imperatriz (HMI), mas não corre risco de morrer. O condutor do carro foi detido pela PM e apresentado no Plantão Central da Polícia Civil.

O outro acidente - O acidente anterior foi na noite de quarta-feira, quando um veículo Corolla, de cor branca, atingiu uma motocicleta que trafegava no mesmo sentido, e acabou resultando na morte da mulher que estava na garupa e ferimentos na condutora. Eram mãe e filha, sendo que a mãe uma senhora residente na zona rural de João Lisboa, identificada pelo nome de Salomé, foi socorrida, mas acabou morrendo no Hospital Municipal. O motorista do veículo atropelador abandonou o carro e fugiu sem ser identificado.

Horas depois a Polícia Civil passou a investigar o caso e descobriu o nome de um homem que pode ser o motorista.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90