MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
24/10/2022 às 19h28min - Atualizada em 24/10/2022 às 19h28min

“Nem Lula, nem Bolsonaro. Que venha a terceira via da saúde!”

Ludmila Pereira de Araujo Souza *
Estamos a menos de uma semana do 2º turno das eleições, quando, na oportunidade, decidiremos quem irá presidir o nosso país nos próximos 4 anos. Vivemos em um cenário político altamente polarizado e muitas das vezes, cheio de discórdias e de fake news: são dois extremos, é esquerda ou direita, é Lula ou Bolsonaro, é 13 ou 22. Quem é bom e quem é ruim nessa história? Nem sei…

Mas imagino que a essa altura da leitura, você, caro leitor, deva estar se perguntando: “mas o que uma nutricionista que escreve sobre alimentação, nutrição e saúde quer falando sobre política?”

E eu lhe respondo: nesse clima caótico de grande polarização que estamos vivendo para a escolha do próximo presidente, temos em comum um extremismo semelhante quando falamos de saúde. Isso mesmo que você leu e eu vou lhe explicar.

Sempre que falamos de vida saudável, a grande maioria das pessoas leva o assunto na base do “ou é 8 ou 80” e se perdem no verdadeiro conceito de saúde e bem-estar.

Com a vivência de alguns anos de atendimento ao público, recebo quase que diariamente em meu consultório, pessoas em busca de melhor qualidade de vida. Sua grande maioria é de pessoas acima do peso e com uma série de doenças metabólicas associadas.

Costumam chegar com medo do que os esperam, como se o encontro comigo, uma nutricionista, tão ser humano quanto ele - meu paciente - fosse simplesmente para ditar regras, de maneira autoritária, sobre seus hábitos alimentares, mudando da água pro vinho toda a sua rotina. Quando na realidade, não é nada disso.

A verdade é que, atualmente, o conceito de vida saudável está bastante distorcido. Arroz, feijão, carne, verduras e legumes continuam sendo “o básico que funciona”, mas muitas pessoas se veem trocando isso por shakes e logo em seguida, acompanhado de muitas pílulas de suplementação. Isso é distorcer o conceito de saúde.

O peso adequado e o corpo “normal” têm sido colocados em xeque por estruturas físicas esculturais de famosos, esculpidos pelo Photoshop... Pura fake news não é?! Mas que acabam convencendo as pessoas comuns de que isso é vigor e saúde. Mas não é. Nem física e nem mental. Definitivamente, isso é “somente” extremismo.

Percebe, caríssimo leitor, quando eu falo que o conceito de vida saudável e de bem-estar está polarizado?

E por falar em combater extremos, lembramos que a terceira via realmente não emplacou nas eleições presidenciais de 2022. Mas torço sinceramente para que a “terceira via da saúde” vença na vida da população. E quem é ela? Saúde à base de comida de verdade, sem neuras e com todo prazer que uma alimentação saudável e saborosa pode trazer à nossa vida. 

_______________________________________________________________________________________________
* Ludmila Pereira de Araujo Souza é Nutricionista, especialista em Nutrição Clínica com ênfase nas enfermidades renais
Instagram: @ludmilapasouza.nutri - Email: [email protected]

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90