MENU

30/09/2022 às 20h21min - Atualizada em 30/09/2022 às 20h21min

Maranhão tem mais de 5 milhões de eleitores aptos a votar

Os dados foram divulgados na sexta, 15

Fonte: TRE-MA
Foto: Divulgação
 
No domingo, 2 de outubro, das 8 às 17h, horário de Brasília, os 5 milhões 42 mil 999 eleitoras e eleitores maranhenses estarão aptos a votar nas 16.423 seções eleitorais, das quais 8.045 são acessíveis, distribuídas em 5.854 locais de votação.

O (a) eleitor (a) irá escolher seus representantes para os cargos de deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República. Este ano concorrem 955 candidatos no estado, sendo 9 governadores, 9 vice-governadores, 5 senadores, 5 - 1º suplente de senador, 5 – 2º suplente de senador, 367 deputados federais e 559 deputados estaduais.

A estrutura para a maior festa cívica é gigantesca, em que estão envolvidos 105 juízes e juízas eleitorais, mais 31 magistrados (as) que trabalharão nas juntas eleitorais especiais, 670 servidores (as), 594 técnicos (as) terceirizados (as), mais de 70 mil mesários (as) que atuarão nos 217 municípios.

Serão utilizadas quase 17 mil urnas eletrônicas (contando com as de eventual contingência), sendo 7.989 urnas modelo 2020 e mais 65 postos avançados de transmissão (PATs), que possibilitam a transmissão direta dos dados de locais de difícil acesso.

Para a desembargador Angela Salazar, presidente, mesmo vivendo num mundo digital e tecnológico, é necessário reconhecer o extraordinário desempenho dos servidores, servidoras, magistrados, magistradas, colaboradores e membros da Corte Eleitoral para garantir aos eleitores e eleitoras maranhenses a transparência, a segurança e a legitimidade do processo eleitoral, como também o exercício livre do voto.

“Expresso meus agradecimentos a todas e a todos que fazem a Justiça Eleitoral maranhense, pelo comprometimento com o fortalecimento da Democracia e respeito aos valores éticos e princípios constitucionais. Almejo, ainda, um pleito com paz e segurança aos maranhenses. Deus nos abençoe”, registrou a presidente em mensagem enviada a magistradas (os), servidoras (es) e colaboradoras (es).

Já o corregedor eleitoral, desembargador José Luiz Almeida, entende que o desafio posto à Justiça Eleitoral no corrente ano, não obstante a sua magnitude, estimulou a superá-lo com a mesma persistência e importância. “É pela responsabilidade com essa história e pelo apego teimoso em vencer os desafios que atravessam nossos caminhos que estamos plenamente preparados, às vésperas de eleições gerais, para garantir a todos o direito constitucional ao livre e pacífico exercício do voto. A Corregedoria Regional Eleitoral do Maranhão deseja sucesso a todas as juízas, juízes, servidoras, servidores e demais colaboradores do TRE-MA”, pontuou.

Confira abaixo as principais informações de interesse do eleitor (a) para votar com tranquilidade.

Onde votar

O eleitor pode conferir sua seção eleitoral com antecedência para não ir para o local errado. Você pode fazer isso de quatro maneiras:

• pelo aplicativo e-Título – basta entrar no aplicativo e, no menu principal, clicar em “Onde Votar”. Uma nova tela se abrirá, com os dados sobre a seção, a zona e o respectivo endereço; 

• Site do TRE-MA: na aba “Local de Votação - Consulta”, é possível verificar a informação digitando nome, número do título eleitoral ou CPF; 

• Telefone 0800 098 5000: Ouvidoria do TRE-MA, que funciona também como Disque Eleitor; 

• Whatsapp (61)9637-1078, chatbot do TSE. 

Este ano, a plataforma 0800 recebeu um reforço de 20 novas baias de atendimento, além das 6 já existentes na Ouvidoria. Ao todo serão 26 servidores da Justiça Eleitoral que estarão de plantão na sexta, no sábado e no domingo para atender os (as) eleitores (as) e tirar dúvidas, receber reclamações, prestar informações, etc.

Justificativa
-  pelo aplicativo e-Título sem a necessidade de se deslocar para apresentar o requerimento. Essa funcionalidade estará disponível durante o horário da votação, das 8h às 17h;

- via Requerimento de Justificativa Eleitoral que tem que ser apresentado acompanhado de um documento com foto, em qualquer local de votação do estado no dia e horário do pleito. O formulário deve ser preenchido com o  número do título de eleitor. Caso contrário, não será processado.

No caso do eleitor e a eleitora que não puder justificar a ausência no dia da eleição tem o prazo de até 60 dias após cada turno para regularizar a situação eleitoral sem o pagamento da multa, através do e-título e do Sistema Justifica.

Acessibilidade
No intuito de oferecer e garantir acessibilidade no processo eleitoral, o TRE-MA firmou parceria com Associação Maranhense dos Tradutores, Intérpretes e Guias-Intérpretes da Língua de Sinais (AMATILS) através do Projeto “Eleições Acessíveis em Libras”.

O objetivo é disponibilizar – tanto no dia 2 de outubro (1º turno) quanto no dia 30 de outubro (2º turno, caso haja) – serviços de tradução e interpretação de discursos feitos por meio de Libras (Língua Brasileira de Sinais).

O eleitor que necessitar deste tipo de atendimento procurará o supervisor de prédio ou alguém da Justiça Eleitoral – e este fará a ligação com a câmera voltada para o eleitor.

O intérprete falará em voz alta a necessidade ou dúvida do eleitor; o supervisor ou servidor da Justiça Eleitoral responderá em voz alta e o intérprete fará a tradução ao eleitor.


Os números das linhas telefônicas para videochamadas via WhatsApp são:
Central de Libras 1 – (98)98459-6796;

Central de Libras 2 – (98)98456-7876;

Central de Libras 3 – (98)98456-6395; 

Central de Libras 4 – (98)98458-1736.

Aplicativos da Justiça Eleitoral 

Denúncias 

Pardal: 
Por meio do aplicativo Pardal, disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor tem nas mãos uma importante ferramenta para exercer o seu papel de fiscal da eleição.

O objetivo do app é estimular o cidadão a denunciar propagandas eleitorais irregulares durante o pleito deste ano, além de outros crimes eleitorais, informando o fato em tempo real, que será apurado pelo Ministério Público Eleitoral. O aplicativo pode ser baixado no Google Play ou na App Store.

Sistema Alerta de Desinformação
Mais um recurso relevante para conter a difusão de conteúdos duvidosos nas redes sociais é o Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições, por meio do qual é possível comunicar à JE o recebimento de notícias falsas, descontextualizadas ou manipuladas sobre as eleições ou o sistema eletrônico de votação.

Fake News 
Com relação ao enfrentamento das fake news, o TSE disponibiliza a página Fato ou Boato que se trata de um repositório de conteúdos verídicos e estimula a verificação por meio da divulgação de notícias checadas, recomendações e conteúdos educativos.

Acompanhamento da Eleição
• Boletim na Mão
Já por meio do aplicativo Boletim na Mão, qualquer cidadã ou cidadão pode conhecer os resultados apurados nas urnas eletrônicas. O app oferece, de maneira rápida e segura, os conteúdos dos Boletins de Urna (BU) impressos no encerramento das atividades de votação em cada seção eleitoral.
O BU é o documento que traz o total dos votos recebidos por cada candidata e candidato, dos votos nulos e em branco e das abstenções ocorridas naquela seção eleitoral, entre outras informações.

• Resultados
Os resultados das Eleições 2022 podem ser conferidos Google Play e na App Store.
No app, a sociedade em geral pode conferir a apuração dos votos para todos os cargos, bem como os candidatos eleitos e os que irão disputar o segundo turno, caso haja marcado para o dia 30 de outubro, entre outras informações. 

Notícias Relacionadas »
Comentários »