MENU

19/08/2022 às 10h52min - Atualizada em 19/08/2022 às 10h52min

A FESTA DA DEMOCRACIA!

Cícero Carlos Maia

A majestosa Faculdade de Direito do Largo São Francisco de São Paulo organizou uma carta em defesa da Democracia, por considerar que esta corre perigo de ser transformada em algo diferente do que a nossa carta magna, a Constituição Federal de 88, nos proporcionou e que, segundo eles, está tomando outros rumos diferente do que estamos habituados a conviver.  Essa manifestação angariou milhares de declarações de apoio e que foi assinada por muita gente que tem a obrigação de saber o que verdadeiramente é Democracia. Apesar de vários juristas, empresários, ex-presidentes e populares terem conjugado da preocupação e assinado a carta, alguns deles tem um histórico de vida nada democrático. Como, por exemplo, o ex-Presidente Lula, hoje signatário da mesma, que se recusou a assinar a Constituição de Federal de 1988 quando esta foi promulgada e agora, festivamente, assina essa carta como se tudo tivesse sido esquecido.

Foi uma festa bonita, todos puderam se manifestar, democraticamente sobre vários assuntos, insultos ao atual Chefe do Poder Executivo o chamando de tudo o que é habitual, e que é do conhecimento de todos. Todos puderam destilar o seu ódio costumeira e democraticamente, sem serem importunados por ninguém, especialmente pelas autoridades policiais, o que seria normal em um regime que eles tanto admiram! Desfraldaram as suas bandeiras vermelhas em um claro e democrático apoio aos regimes totalitários como Cuba, Venezuela, dentre outros! Felizmente tudo ocorreu como a Democracia determina: Todos tiveram o democrático direito a sua expressão de liberdade o que aconteceu sem que ninguém os impedisse de fazê-lo.

As ações antidemocráticas que estão acontecendo no país, sequer foram lembradas! Os desatinos constitucionais cometidos por organismos que deveriam estar atentos a detalhes da nossa carta magna, não foram vistos. Instituições como a OAB, Magistrados de tribunais que deveriam mostrar quais são os descaminhos que a sociedade está trilhando, não apresentaram rigorosamente NADA.

Mas enfim, tudo o que aconteceu foi DEMOCRATIVAMENTE, respeitado, ouvido e acatado silenciosamente por quem poderia acusar exageros! Tudo o que foi dito foi abrigado pelo manto sagrado da   Democracia o que me insinua que os riscos que o regime que vivemos, não é preocupante. 

Do exposto, qual o porquê da preocupação? Será que o silêncio fala demais?
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »