MENU

01/07/2022 às 20h06min - Atualizada em 01/07/2022 às 20h06min

Acusado de matar a companheira no interior do Maranhão é preso no Mato Grosso

Nivio Isak Abreu Santos, de 37 anos, foi preso pelo crime de feminicídio na cidade de Cuiabá

Dema de Oliveira
Nivio Isak Abreu Santos foi preso em Cuiabá-MT - Foto: Divulgação
 
Na manhã desta sexta-feira (1º), um foragido da Justiça do Maranhão, identificado como Nivio Isak Abreu Santos, de 37 anos, foi preso pelo crime de feminicídio em Cuiabá, cidade no Estado do Mato Grosso.

Segundo a Polícia Civil do Maranhão (PCMA), Nivio Isak é acusado de matar a própria companheira, identificada como Eliane Reis Barbosa, de 23 anos. A jovem foi morta com um tiro no peito, no dia 20 de dezembro de 2021, na cidade de Bacuri, no interior do Maranhão.

Segundo testemunhas, no dia do crime o casal foi visto entrando em casa, após voltarem de uma festa. Dentro da residência, o casal teve uma discussão, e Eliane saiu de casa correndo, sendo seguida por Nivio Isak. O homem conseguiu alcançar a mulher em um terreno baldio, onde atirou contra a vítima.

O disparo atingiu o peito esquerdo de Eliane, que ainda foi socorrida por vizinhos, mas morreu a caminho da Santa Casa de Misericórdia, na cidade de Cururupu.

Após o crime, Nivio Isak fugiu em uma moto. No dia 22 de dezembro de 2021, a Vara Única de Bacuri expediu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, pelo crime de feminicídio. O homem só foi localizado e preso nesta sexta, sete meses após o assassinato.

Nivio Isak Abreu Santos foi preso em Cuiabá, por meio do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Mato Grosso, com apoio do PCMA, através da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico e 21° Delegacia Regional de Cururupu. Nivio será recambiado nos próximos dias para o Maranhão.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »