MENU

28/06/2022 às 19h31min - Atualizada em 28/06/2022 às 19h31min

Feira de Ciências, Sustentabilidade e Inovação movimenta comunidade estudantil em regiões do estado

Da Redação
ASCOM/URE
Centro de Convenções de Imperatriz ficou lotado ao receber comunidade escolar - Foto: ASCOM/UREI
 
Como o maior evento de fomento à pesquisa no ambiente educacional do Maranhão, a Feira de Ciências, Sustentabilidade e Inovação movimentou nesta terça-feira, 28, aproximadamente 4 mil pessoas entre alunos, professores e gestores de escolas das redes públicas estadual e federal em seis polos regionais que sediaram o encontro.

Em Imperatriz, a Feira aconteceu no Centro de Convenções abrangendo estudantes das Unidades Regionais de Educação (URE’s) de Imperatriz e Açailândia, envolvendo 23 municípios. 

O evento foi das 8h às 17h, com a participação de mais de 600 pessoas, distribuídas em 60 equipes distribuídas em duas categorias: Experimentação Científica e Sustentabilidade; e Inovação, Tecnologia e Robótica.

Presenças do secretário de Ciência e Tecnologia, Davi Telles, e diversas autoridades da região tocantina, dentre estes deputados, prefeitos e vereadores. 

A Gestora Regional de Educação, Profa Dra Orleane Santana, fez uma fala representando a Unidade Regional de Educação de Imperatriz, UREI. “O grande ideal integrador da sociedade hoje em dia é sem dúvida a Educação, a ciência e a tecnologia em prol da sustentabilidade de nosso planeta. Isso também possibilita as pessoas vencerem o processo estagnado na economia de maneira criativa. Então eventos como este, m estão na vanguarda de tudo que é produtivo, humanista e belo.  A sustentabilidade é a própria agenda do século 21 em nossa comunidade escolar”, afirmou Orleane Santana. 

A Feira foi idealizada pelo governador Carlos Brandão, com organização da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com as Secretarias de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da Juventude (Seejuv), Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fapema), Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA).  

 Entre os objetivos estão: instigar o desenvolvimento da ciência e do conhecimento tecnológico no Ensino Médio do Território Maranhense, por meio da pesquisa, da experimentação e de sua aplicação em diversos contextos, estimulando o protagonismo juvenil, a criatividade e a corresponsabilidade social; estimular a comunidade escolar a buscar soluções criativas que auxiliem na superação de desafios e dificuldades presentes na implementação de atividades voltadas ao desenvolvimento humano de natureza teórica e/ou experimental; reconhecer experiências exitosas e atividades inovadoras, desenvolvidas pelos estudantes do Ensino Médio da Rede Pública do Maranhão, entre outros.

 A Feira aconteceu simultaneamente em seis polos: São Luís, Imperatriz, Pinheiro, Balsas, Caxias e Colinas.

Avaliação dos projetos
 No total, 1.323 equipes escolares realizaram inscrição para a Feira de Ciências, Sustentabilidade e Inovação. Dessas, 394 foram classificadas para apresentarem seus projetos na feira, sendo 296 de experimentação e 98 de robótica. Na Feira, as equipes fazem a defesa das propostas (caráter classificatório), com a avaliação de uma comissão julgadora e pelos visitantes. Foram premiados os 1º, 2º e 3º lugares de cada categoria. Receberam os prêmios, as escolas, professores e estudantes. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »