MENU

18/05/2022 às 19h34min - Atualizada em 18/05/2022 às 19h34min

UEMA recebe pesquisadores da UNB para estudo em Equações Diferenciais Parciais

Priscila Abreu - Uema
Foto: Rafael Carvalho
 
A Universidade Estadual do Maranhão, recebeu pesquisadores da Universidade de Brasília e Universidade Federal do Maranhão para a produção e estudo de artigos em revistas de impacto mundial em Equações Diferencias Parciais.

Participaram da reunião os professores Sandra Imaculada Moreira Neto da UEMA,  Giovany de Jesus Malcher Figueiredo, chefe do Departamento de Matemática da UNB, Ricardo Ruviaro,  diretor do Instituto de Ciências Exatas da UNB, Gustavo Silvestre do Amaral Costa (UFMA) e Gustavo Henrique Colins Marques, graduando em Matemática Licenciatura da UEMA.

“ Na área da matemática é fundamental a troca de experiências. Com o prédio novo e a aprovação de projetos através da FAPEMA e FAPDF foi possível custear a vinda deles. A parceria tem dado certo e só tem a crescer com o envio de alunos para fazer mestrado, doutorado e com professores vindo ao nosso Estado para dar palestras, troca de experiencias com os nossos alunos, tornando assim a matemática mais bonita e mais acessível a todos,” afirma a professora Sandra Imaculada Moreira Neto, vice-coordenadora do Mestrado Profissional em Matemática.

O professor Giovany em 2020, apareceu na lista dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo. O destaque foi dado pelo impacto de suas publicações no ano de 2019. Esse levantamento foi feito pela Universidade de Stanford e publicado pela revista PLOS Biology, da Public Library of.

“Salientamos que a professora Sandra Imaculada Moreira Neto não mede esforços para fomentar a interação científica entre professores experientes e alunos menos experientes e assim agregar uma formação técnica e de qualidade para alunos e alunas,  ressalta o professor Giovany de Jesus Malcher Figueiredo.

Os pesquisadores parabenizaram e elogiaram a nova estrutura do prédio de matemática e as melhorias que serão proporcionados para a pesquisa, ensino e extensão. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »