MENU

09/02/2022 às 21h37min - Atualizada em 10/02/2022 às 01h37min

MP e SSP se unem para investigar execução de 6 pessoas após morte de sargento em Miracema do Tocantins

Seis pessoas foram executadas após morte de sargento da PM

Da Redação - Com Informações do MP/TO e SSP
 
As sete mortes ocorridas no último fim de semana na cidade de Miracema, região central do estado, vão ser investigadas em conjunto pelo Ministério Público do Tocantins e pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do estado.

Uma reunião foi realiza nesta terça-feira (8) entre integrantes do MPTO e da SSP para discutir e avaliar as ações já realizadas. Por parte do MPTO, participaram integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – que, em nível institucional, estão acompanhando o caso em conjunto com o Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (Gaesp).

Segundo o MP, ainda no sábado (5), ao tomar conhecimento dos fatos, o procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti, acionou os membros do Gaeco e do Gaesp para atuarem no caso. Foi instaurado, no âmbito do MPTO, um procedimento para acompanhamento das investigações, colheita e compartilhamento de provas, inclusive depoimentos de testemunhas e realização de perícias.

Entenda o caso
A chacina ocorreu no últmo final de semana. A primeira morte registrada foi do 2º sargento da Polícia Militar, Anamom Rodrigues de Sousa, durante confronto com criminosos. O principal suspeito pelo crime, Valbiano Marinho da Silva, de 39 anos, também foi morto. 

Durante a madrugada, o pai e irmão de Valbiano, que prestavam depoimento, foram executados dentro da delegacia por 15 homens encapuzados. As vítimas são Manoel Soares da Silva, de 67 anos, e o seu filho, Edson Marinho da Silva, 37. Manoel era pai de Valbiano.

Pai e filho não tinham envolvimento com o caso. Eles haviam passado a madrugada na delegacia e tinham sido liberados, mas estavam aguardando o dia amanhecer para voltarem para casa com segurança, segundo consta no B.O.

Na manhã seguinte, outros três jovens foram encontrados mortos na cidade. As vítimas são: Aprigio Feitosa da Luz, Gabriel Alves Coelho e Pedro Henrique de Sousa Rodrigues.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »