MENU

20/01/2022 às 13h22min - Atualizada em 20/01/2022 às 13h22min

Polícia Penal prende mulher que tentava repassar eletrônicos dentro de aparelho de televisão para detento, em Mineiros

No total, 14 objetos eletrônicos foram interceptados pela equipe da Polícia Penal. A mulher responsável por levar a televisão foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil de Mineiros

Comunicação Setorial
Diretoria Geral de Administração Penitenciária – DGAP
Objetos apreendidos pela Polícia Penal na Unidade Prisional Regional de Mineiros - Foto: Divulgação

  
Mineiros/GO - Servidores penitenciários da Unidade Prisional Regional de Mineiros deram voz de prisão em flagrante a uma mulher, na manhã desta terça-feira (18/01), que tentou entregar ilícitos ocultados dentro de um aparelho de televisão na cobal — dia em que familiares levam mantimentos e itens de higiene para serem repassados aos custodiados. Os servidores do estabelecimento penitenciário encontraram dez aparelhos celulares e quatro chips telefônicos.

Os itens foram identificados durante o procedimento de revista. O peso do televisor foi um dos fatores que chamou a atenção dos profissionais da Polícia Penal, visto que era maior do que o peso de um aparelho comum. Segundo informações da unidade prisional, enquanto o peso especificado pelo fabricante do produto é de cerca de quatro quilogramas, a televisão entregue pela mulher pesava em torno de 5,7 quilogramas. Diante disso, os servidores fizeram a abertura total do objeto e encontraram os itens ilícitos.

A televisão havia sido solicitada pelo detento para substituir um aparelho televisor que havia no local, porém não funcionava mais. Após receber a voz de prisão em flagrante, a mulher foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil para dar sequências às providências que o caso requer. Além disso, a direção da unidade prisional também instaurou um procedimento administrativo interno para apurar o ocorrido e aplicar as sanções, conforme a lei, ao detento destinatário do material ilícito.


 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...