MENU

26/11/2021 às 19h36min - Atualizada em 26/11/2021 às 19h36min

Imperatriz perde Guilherme Baptista Ventura

Raimundo Primeiro
Da Redação
Morre em Imperatriz, aos 77 anos, o coronel Guilherme Baptista Ventura, - Foto: Divulgação
 
Coronel Ventura, além de comandar o 50º BIS, foi secretário de Estado da Segurança Pública, ex-comandante da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e presidente do Sindicato Rural de Imperatriz

No final da tarde de quinta-feira, 25/11, morreu, em Imperatriz, o coronel Guilherme Baptista Ventura, aos 77 anos. 

Mais conhecido por Coronel Ventura, ele estava internado no Hospital São Rafael (Centro) desde 12 de novembro. 

O coronel Ventura veio a óbito em consequência de agravamento de Lesão Pulmonar Aguda, associada a transfusão, conforme levantou, no começo da tarde desta sexta-feira, 26, a reportagem de O PROGRESSO

A morte do coronel Ventura aconteceu no momento em que ele era transferido, por familiares, via UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no ar, para outro hospital.

Natural de Salvador (Bahia), o coronel Ventura nasceu em 5 de dezembro de 1943, tendo chegado ao Maranhão em 1986. Sua carreira militar registra um feito inédito: ter sido comandante, por duas vezes, do 50º Batalhão de Infantaria de Selva (50º BIS) do Exército Brasileiro, sediado em Imperatriz.

Coronel Ventura, após deixar o 50º BIS, exerceu importantes funções públicas. Foi, por exemplo, gerente regional do Governo do Estado, comandante do Corpo de Bombeiros, diretor do Detran, comandante da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), secretário de Estado da Segurança Pública e presidente do Sindicato Rural de Imperatriz (Sinrural).

Coronel Ventura foi candidato a prefeito de Imperatriz, em 1996, pelo Partido Social Cristão (PSC) e sua campanha ganhou forças, segundo entrevistas dele, em razão das “novas práticas e métodos de fazer política”. Empresários e lideranças comunitárias aderiram a sua candidatura ao Palácio Renato Moreira, sede do Governo Municipal. 

Por meio de nota, a Polícia Militar do Maranhão se manifestou: “o coronel Ventura foi comandante geral da PM-MA, no período de março de 1991 a junho de 1992. O oficial era oriundo do Exército e deixa relevantes legados na história da PM”.

 

VELÓRIO/ENTERRO

O velório aconteceu na 1ª Igreja Batista de Imperatriz, na rua Hermes da Fonseca, Centro. O corpo do coronel Ventura foi enterrado na tarde desta sexta-feira, no Cemitério do Parque Jardim das Rosas, Parque Alvorada, em Imperatriz.
 
 

Nota da Polícia Militar do Maranhão
VENTURA,
EX-COMANDANTE GERAL DA PMMA

 
É com pesar, que a Polícia Militar do Maranhão informa o falecimento do coronel da reserva remunerada, Guilherme Batista Ventura, ex-comandante geral da Corporação. O oficial faleceu na tarde desta quinta-feira (25), na cidade de Imperatriz (MA).

O coronel Ventura foi comandante geral da PMMA, no período de março 1991 a junho de 1992. O oficial era oriundo do Exército e deixa relevantes legados na história da PM.

Durante sua carreira se destacou por ter sido um profissional dedicado, sempre compromissado com a ordem pública e segurança da sociedade maranhense. Desempenhou com responsabilidade e senso de profissionalismo as funções a ele atribuídas, durante o exercício policial militar.

Neste momento de tristeza e vazio deixado por nosso irmão de farda, o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão, em nome dos oficiais, praças e funcionários civis da corporação, se solidariza com amigos e familiares.

“Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé” (2 Timóteo 4:7) 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...