MENU

10/11/2021 às 20h42min - Atualizada em 10/11/2021 às 20h42min

Moto Club é multado em R$ 4 mil, mas escapa de perda de mando de campo

Julgamento feito pela 1ª Comissão Disciplinar do STJD teve a defesa do Moto comandada por Adolfo Testi

João Ricardo
Nhozinho Santos é onde o Moto está mandando os seus jogos - Foto: Divulgação
 
O Moto Club foi absolvido da perda de mando de campo, mas foi condenado a pagar uma multa de R$ 4 mil em julgamento pela 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nessa segunda-feira (8).

O clube foi citado nos artigos 213 e 184 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que tratam sobre a responsabilidade do clube de garantir a segurança do evento. O problema foi que no jogo contra o América-RN, pela Série D do Campeonato Brasileiro, no dia 3 de outubro, no Nhozinho Santos, o árbitro relatou arremesso de objetos em campo por parte de alguns torcedores do Moto.

A defesa do Papão do Norte foi feita pelo advogado e conselheiro do clube, Adolfo Testi. Nas redes sociais, ele misturou a comemoração pelo resultado, que não terminou com perda de mando de campo, com um desabafo.

- Sempre uma honra defender o Moto no STJD. Por ora evitada a perda de mando de campo, mas a multa ficou em R$ 4 mil e acho que a Procuradoria recorre. Desmotivador ver “torcedor” jogar objeto no campo! Quero ver se ao menos tem hombridade de se apresentar agora para pagar a conta! - disse Adolfo em uma rede social.

O Moto não joga mais em 2021 em São Luís. A última partida do time será dia 18 de novembro, no Rei Pelé, em Maceió, contra o CRB, valendo uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste de 2022.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...