MENU

23/10/2021 às 00h00min - Atualizada em 23/10/2021 às 00h00min

Cirurgia para aumento do pênis

  
Resolvi falar de um assunto que está comentado com frequência nas redes sociais, na internet e em uma centena de anúncios nos site de navegação. A cirurgia de aumento do pênis.
 
Assunto bem polêmico envolvendo um problema que leva a transtornos como vergonha, depressão, ansiedade chegando a situações de comprometimento mais sério da vida sexual em homens que evitam ter relações com receio de não satisfazer adequadamente as suas parceiras
 
Então caem na internet que apresenta uma série de propostas que parecem encantadoras, como “aumente seu companheiro em 8 – 10 cm “, “mais grande mais grosso “, exercícios para aumentar o pênis, algumas dúzias de aparelhos e pílulas. É só consultar através do Google. Anunciam milagres e prometem o olimpo.
 
Como não sou urologista, fiz consulta e encontrei a colaboração da Dra. Graziela Schmidt Bonin, Cirurgiã Plástica em Santa Catarina, Conselheira Regional de Medicina no Estado e Conselheira Federal de Medicina Presidente da Comissão Técnica de Cirurgia Plástica do CFM que gentilmente me encaminhou a resolução emanada da Câmara Técnica de Urologia e de Cirurgia Plástica do CRM SC.
 
Não irei divulgá-la aqui mas tomei como consulta para elaborar esse texto para esclarecimento de público leigo para não serem vítimas de irresponsáveis, produto amplamente existente na terra de Pindorama. 
 
Esse problema geralmente tem início na infância ao se comparar com amigos de escola ou na adolescência assistindo os primeiros filmes eróticos.
 
O que se observa que um percentual importante acha o pênis pequeno em situação flácida (sem ereção), estudos mostraram que a maioria dos pacientes examinados não era portador de disfunção erétil ou de micropênis, a maioria, após explicações sobre anatomia e intercurso sexual tem sua preocupação em relação ao tamanho do pênis desfeita (86%), os demais, receberam tratamento psicológico e ao final 84 % desistiram do procedimento. O comprimento médio do pênis varia de 12-16 cm sendo considerado o micropênis < 7,0 cm.
 
O entendimento emanado do CFM assim como a Sociedade Brasileira de Urologia contraindica esses métodos de aumento peniano e reforça que não há estudos ou dados científicos que confirme credibilidade, eficácia ou segurança a qualquer técnica de aumento das dimensões penianas.
 
Falaremos agora de alguns desses métodos sinteticamente:
 
1- Bombas a vácuo – utiliza pressão negativa para levar sangue ganho de 1,0 cm a longo prazo, 30 % de satisfação.
 
2- Extensores penianos – utilizam tração, risco de lesão traumática.
 
3- Lipoenxertia – usa enxerto gordura autóloga para aumento da espessura, risco de necrose, cicatrizes, irregularidades cutânea  e embolia gordurosa.
 
4- Preenchimento com silicone – popular na década 70, graves lesões a longo prazo, proscrito nos USA, lesão as vezes com necessidade de reconstrução peniana.
 
5- Ácido hialurônico: (e outros preenchedores como metilacrilato, colágeno) insatisfação por perda de capacidade erétil a longo prazo (após de 18 meses).
 
6- Liberação do ligamento suspensor do pênis, perda de estabilidade útil em pacientes que nasceram com deformidades genitais, ganho controverso.
 
7- Enxertos e retalhos compostos complicações cirúrgicas como necrose, perda de sensibilidade, ereção dolorosa.
 
8- Plástica pubiana em pacientes com excesso de gordura que mantém o pênis algo escondido, se bem indicado tem satisfação pessoal.
 
Os métodos na internet milagrosos com pílulas e compostos ditos naturais não apresentam nenhuma comprovação cientifica, métodos caça niqueis e são desaconselhados.
 
Os métodos de alongamento peniano com fins estéticos seguem definidos pelo CFM como experimentais. O Órgão genital masculino não comporta alterações de aumento como as mamas femininas.
 
Mas a natureza é sábia e mais esperta do que o gênero humano, ela gosta dos machos e das fêmeas, a sensibilidade peniana  está  principalmente na mucosa peniana junto a glande e os que acham que o “Bráulio” é pequeno saibam que a sensibilidade feminina está no introito vaginal (entrada) e o prazer feminino é especialmente clitoriano.

RELAXEM !
 
Link
NAILTON LYRA

NAILTON LYRA

O Doutor ​NAILTON Jorge Ferreira LYRA é médico e Conselheiro Regional de Medicina e Conselheiro Federal de Medicina representando o Estado do Maranhão

Relacionadas »
Comentários »
Loading...