MENU

01/07/2021 às 19h40min - Atualizada em 01/07/2021 às 19h40min

Congresso cria Frente Parlamentar contra o Custo Brasil

Com mais de 200 integrantes, entre senadores e deputados federais, a Frente Parlamentar Pelo Brasil Competitivo vai priorizar projetos que impulsionem o desenvolvimento do país

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
Foto: Diego Campos /Agência CNI de Notícias

Brasília (DF) - O Congresso Nacional lançou nesta quarta-feira (30), na Confederação Nacional da Indústria (CNI), a Frente Parlamentar Pelo Brasil Competitivo (FPBC). Presidido pelo deputado federal Alexis Fonteyne (Novo/SP) e composto por mais de 200 parlamentares, entre senadores e deputados, o grupo vai trabalhar para reduzir o Custo Brasil.

Entre as prioridades, estão as reformas tributária e administrativa. Na pauta entram ainda temas como qualificação profissional, segurança jurídica e infraestrutura. A estratégia é unir forças para melhorar o ambiente de negócios e para permitir que as empresas brasileiras compitam de igual para igual com as concorrentes internacionais.

De acordo com estudo do Ministério da Economia em parceria com o Movimento Brasil Competitivo, o Custo Brasil chega a R$ 1,5 trilhão ou 22% do PIB do país. Este é o valor que as empresas do Brasil gastam a mais que os países da OCDE todos os anos por conta de problemas internos.

“Os recentes movimentos de abertura da economia por parte do governo federal, tornam essa agenda ainda mais urgente, e dessa vez, inadiável. Precisamos evitar a fuga de empresas, de investimentos e impulsionar o desenvolvimento da competitividade, dando condições para que o setor produtivo nacional seja capaz de concorrer com seus competidores globais”, comentou o presidente da FPBC, Alexis Fonteyne.

“O Congresso Nacional tem papel fundamental no desenvolvimento da agenda de reformas estruturantes, e nesse contexto, deputados e senadores são atores centrais nessa discussão que atinge de forma brutal a economia brasileira. E, por este motivo, é de extrema importância que esse debate avance para a arena legislativa”, destacou o diretor executivo da FIEMA e presidente do Conselho Temático de Assuntos Legislativos da FIEMA, Claudio Donizete Azevedo.

O lançamento contou com a participação do presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, do presidente do Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo, Jorge Gerdau Johannpeter, e do secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Alexandre Jorge da Costa.

A Frente Parlamentar Mista Brasil Competitivo conta com a participação dos deputados federais maranhenses: Gil Cutrim, Hildo Rocha, Juscelino Filho, Marreca Filho e Pedro Lucas Fernandes.

O lançamento da frente parlamentar foi realizado na CNI. Os interessados podem acompanhar as discussões nos canais do Youtube da CNI ( https://www.youtube.com/user/cniweb) e da própria Frente Parlamentar Pelo Brasil Competitivo (https://bit.ly/YoutubeFPPeloBrasilCompetitivo).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...