MENU

01/09/2020 às 00h00min - Atualizada em 01/09/2020 às 00h00min

Festa com cerca de 100 pessoas é fechada pela polícia durante a madrugada em Araguaína

(Da Redação)
Os organizadores da festa cobravam 10 reais na portaria - Foto: Divulgação/PM-TO
Várias equipes da Fiscalização Integrada Municipal de Araguaína foram mobilizadas para fechar uma festa que ocorria na madrugada deste sábado (29), numa chácara próximo ao Jardim dos Ipês 3.
A realização desse tipo de farra com aglomeração de pessoas está proibida por decreto do Poder Público em razão da pandemia do novo coronavírus.
Os três maiores hospitais da cidade estão com 100% dos leitos de UTI Covid lotados: Hospital Regional de Araguaína, Dom Orione e Hospital Municipal de Campanha. O único leito disponível está no Instituto Sinai.
No local da festa, a Polícia Militar constatou que os responsáveis estavam cobrando R$ 10 na portaria e havia pelo menos 100 pessoas no ambiente. Além disso, os promotores do evento estavam vendendo bebidas alcoólicas para menores de 18 anos.
Durante a ocorrência, a equipe do Departamento de Postura (Demup) tomou todas as providências administrativas com relação ao evento, inclusive fechando o local e autuando os responsáveis pelo evento.
"Nesse momento a capacidade de atendimento médico às vitimas da Covid-19 está em colapso devido a lotação dos leitos disponíveis na rede pública e privada de saúde, e um evento desses, além expor a população, pode proporcionar a proliferação do coronavírus e ampliar o risco trágico proporcionado pela pandemia", disse o Tenente Glauco.  
A polícia ainda encontrou em posse de um dos participantes 3 papelotes de substância análoga a cocaína. Todas as pessoas envolvidas na organização do evento, inclusive os menores, bem como demais materiais ilícitos foram apresentados ao delegado de plantão para as providências cabíveis.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...