MENU

10/03/2021 às 00h00min - Atualizada em 10/03/2021 às 00h00min

14º BPM prende suspeito de furto em fábrica de móveis e recupera equipamentos

O suspeito reside na Vila Lobão e é vizinho da empresa que teve equipamentos furtados

Dema de Oliveira
Cleuton Monteiro de Amorim foi preso em casa, na Vila Lobão - Fotos: Divulgação/Whatsapp
Nos últimos dias trabalhadores de duas empresas que fabricam móveis planejados, sendo uma localizada na Vila Lobão e outra na Boca da Mata, procuraram a Delegacia Regional de Polícia Civil em Imperatriz, e por meio de Boletim de Ocorrência denunciaram furto de equipamentos nas respectivas empresas. Um caso ocorreu no fim de semana, cuja vítima foi a empresa RR Ambientes Planejados, localizada na Boca da Mata, e o seguinte, na madrugada da última segunda-feira, cuja vítima foi a empresa DG Móveis Planejados, localizado na Vila Lobão.

As duas empresas tiveram furtados os seus equipamentos usados na confecção dos móveis, com um prejuízo de mais de R$ 20 mil. 

PM em ação

Logo que os dois casos foram anunciados, policiais do 14º BPM caíram em campo, realizaram diligências e no início da tarde desta terça-feira (9) localizaram e prenderam um dos envolvidos na ação criminosa, praticada na DG Móveis Planejados, identificado por Cleuton Monteiro de Amorim, 25 anos. 

No local onde Cleuton foi preso, Rua Três de Junho, 307, Vila Lobão, os policiais encontraram uma motocicleta Honda Biz, branca, usada na ação criminosa, um capacete, uma serra circular, martelete, parafusadeiras, kit serra copos, serra tico-tico, soprador, caixinha JBL, notebook, kit-ferramentas, celulares e R$ 63,00. 

Os equipamentos furtados apreendidos, juntamente com o suspeito, foram apresentados na Delegacia Regional de Polícia Civil de Imperatriz, onde foram feitos os devidos procedimentos.
 
Quanto a outra empresa RR Ambientes Planejados, diligências para identificar e prender os suspeitos estão a cargo do 3º BPM, que até ontem ainda não tinha logrado êxito, mas que é uma questão de tempo. Há a suspeita de que os criminosos sejam os mesmos dos dois casos. Cabe agora à Polícia Civil investigar, com a prisão de um dos suspeitos do furto da empresa da Vila Lobão.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...