MENU

27/02/2021 às 20h39min - Atualizada em 27/02/2021 às 20h39min

Em fiscalização de rotina, Vigilância Sanitária fecha fábrica clandestina de doces

Durante a fiscalização, uma outra fábrica foi autuada pelos fiscais

João Rodrigues
Ascom/PMI
Fabrica de doces funcionava de forma clandestina em Imperatriz. (Foto: Assessoria)


Prevenir, minimizar riscos e promover a saúde pública estão entre as atribuições da Vigilância Sanitária Municipal, órgão ligado a Secretaria Municipal de Saúde, Semus.

Nesse contesto, a Vigilância Sanitária vem realizando constantes fiscalizações em diversos  estabelecimentos que comercializam alimentos, relacionados ao meio ambiente e produtos dentre outros, e esta semana autuou e fechou uma fábrica clandestina de doces de banana que funcionava na região do Parque do Buriti, em Imperatriz.

Durante a fiscalização, os agentes descobriram que a fábrica funcionava de forma clandestina.

“Quando a equipe chegou ao local percebeu que as condições de higiene eram precárias, não tinha responsável técnico para a fabricação, não tinha licienciamento e o armazenamento do produto era no chão e por isso a empresa foi autuada e interditada”, justificou a Diretora da Vigilância Sanitária, Márcia Figueiredo.

A Chefe do Núcleo de Educação da Vigilância Sanitária, Valdenice Ribeiro, acrescentou que na mesma ocasião uma outra indústria do mesmo ramo foi fiscalizada e acabou autuada pela equipe de fiscalização.

“Durante a ação, que é rotineira para a Vigilância, uma fábrica foi interditada e autuada e a outra foi só autuada, mas as duas vão responder processo administrativo que pode finalizar com uma cobrança de multa”, ressaltou Valdenice.

A ação, que faz parte do trabalho de rotina, foi resultado de uma denúncia anônima enviada a Vigilância Sanitária. Qualquer cidadão pode fazer denúncias a Vigilância Sanitária pelo telefone (99)99138-2781. 

Atendimento ao público

A sede da Vigilância Sanitária fica na rua Luis Domingues, esquina com a rua Simplicio Moreira, ao lado do teatro, no Centro, e está funcionando atualmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Devido ao último decreto municipal sobre as medidas de prevenção a pandemia, o atendimento presencial está temporariamente suspenso. Os serviços essenciais estão mantidos e os interessados devem fazer solicitação via e-mail:  [email protected]
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...