MENU

27/11/2020 às 00h00min - Atualizada em 27/11/2020 às 00h00min

Com acumulado de 18,8 mil, MA apresenta saldo de 5,7 mil empregos gerados em outubro, diz Caged

De acordo com o Caged, em outubro de 2020, o estado registrou um dos maiores saldos de preservação de empregos do país

Secap
Foto: Divulgação/SECAP
Um acumulado de 18.820 empregos preservados, de janeiro a outubro de 2020 – uma variação relativa de 3,92%, a maior do Nordeste. Estes são alguns dos dados apontados sobre o Maranhão pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgados nesta quinta-feira (26), pelo Ministério da Economia.

De acordo com o Caged, em outubro de 2020, o estado registrou um dos maiores saldos de preservação de empregos do país – ao todo, foram 5.772, atrás apenas de Bahia (16.437), Ceará (16.436) e Pernambuco (4.763).
No Maranhão, o saldo do número de outubro foi maior do que o mês de setembro, quando havia sido de 5.054.

“O diálogo com a classe empresarial tem proporcionado medidas e ações estratégicas para seguir colocando o Maranhão no caminho certo. Entre setembro e outubro, o saldo foi positivo e seguiremos agindo para que a geração de empregos e a garantia de direitos seja algo fundamental”, analisa o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo.

Ainda, de acordo com os dados, o Maranhão registrou 131.497 admissões no acumulado entre janeiro e outubro de 2020 – no Nordeste, foram 1.592.014 admissões registradas no mesmo período. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...