MENU

16/11/2022 às 19h06min - Atualizada em 17/11/2022 às 00h03min

Bandalheira do Bem realiza live show neste sábado (19)

Programação de atividades on-line do projeto, neste mês de novembro, visa levar entretenimento, diversão e alegria para dentro das casas do público e facilitar o acesso cultural por meio da internet. A live festiva é voltada para crianças e toda família

SALA DA NOTÍCIA Verbo Nostro
Bandalheira do Bem (Foto: Joel Silva)
Ribeirão Preto (SP), 16 de novembro de 2022 – Depois de passar por oito cidades do interior paulista de forma 100% presencial, a Bandalheira do Bem inicia sua agenda de atividades pela internet e promove no próximo sábado  (19) uma live show pelo canal do YouTube Zumquê Produções www.youtube.com/zumqueproducoes), a partir das 11h. A proposta é reunir crianças e familiares numa atividade lúdica, sem precisar sair de casa. O acesso é livre e gratuito.

Esta é a 4ª edição do projeto voltado ao público infantojuvenil e a todas as idades – já que por onde a trupe Bandalheira se apresenta, promove espetáculos e vivências gratuitas e abertas à população em geral, sempre levando muita diversão, cultura, alegria e entretenimento.


A live segue os mesmos propósitos do grupo e reúne apresentação dos músicos, palhaço, teatro de bonecos e dançarinos. “Será um show completo, com novidades no repertório e atrações que visam envolver a todos. A intenção é que as famílias de qualquer localidade sejam estimuladas a participar da atividade com as crianças”, garante Dimi Zumquê, diretor artístico do projeto.

Além da live, o projeto oferecerá também duas oficinas com acesso pela internet  que serão disponibilizadas a partir de 21 de novembro (segunda-feira) – também no Canal YouTube  Zumquê Produções. A primeira será com a artista Ju Cadeco, que contará com a participação do boneco Seo Antonio, animado pelo irrequieto palhaço, ator e performer, Lê Ferreirinha. De uma forma didática, o público aprenderá como construir um boneco, com materiais simples, que podem ser feitos pelas crianças, em casa.


A segunda oficina será com os músicos Dimi Zumquê e Tiago Santos sobre instrumentos de cordas: Ukulele, Violão (nylon e aço), Guitarra, Cavaquinho e Bandolim. “Neste encontro, vamos explicar as noções básicas de cada instrumento, suas curiosidades e os benefícios que a prática de um instrumento proporciona. O intuito é provocar interesse pelo aprendizado e pelos instrumentos. Será um papo musical descontraído”, alerta Zumquê.

O projeto
A origem da Bandalheira do Bem é associada a ações voluntárias de seus integrantes, em hospitais e asilos, o que trouxe uma importante experiência aos  artistas. A cada edição, desde 2017, o grupo reinventa sua performance, cria novo repertório e incrementa a apresentação com um tradicional cortejo inicial - resgate da cultura popular brasileira – tendo como palco praças públicas, centros culturais e ainda com uma apresentação especial em um teatro da cidade de Ribeirão Preto.


Integram a banda: Dimi Zumquê, Alessandra Freire, Eder Bortolato, Tales Gonzales, Michael Toro, Erick Ferreira e as jovens cantoras Luisa Farias e Julia Lilás - que além do talento, proporcionam maior identificação do público infantil com o projeto. Quem acaba de chegar ao grupo é a multiartista Ju Cadeco, que traz sua experiência em teatro para incrementar o trabalho da trupe.

A dança é um atrativo extra para o grupo e conta com a supervisão do professor de dança, Alexandre Snopp – coreógrafo premiado. Com mais essa modalidade artística, o projeto estimula a desenvoltura, a criatividade, a capacidade de improvisar e interagir com os participantes e o público.


A Bandalheira do Bem é uma realização da Zumquê Produções, com o apoio do ProAC-ICMS, projeto do Governo do Estado de São Paulo de Incentivo à Cultura, e conta com patrocínio da Colombo Agroindústria, Açúcar Caravelas, Grupo Imediato e Bostik Fortaleza. Todas as atividades são abertas e gratuitas.

Temporada 2022

Desde o mês de setembro em atividade neste ano, a Bandalheira do Bem se apresentou nas cidades: Santa Adélia, Pindorama, São Simão, Luiz Antonio, Ariranha, Mococa, Ribeirão Preto e Araraquara – todas no Estado de São Paulo, o que totalizou nove apresentações e um público de quase 5 mil pessoas.


Nesta temporada, o grupo manteve sua marca registrada de chegar a cada município com um cortejo, com a proposta de surpreender o público. No palco improvisado a cada espaço – na maioria das vezes praças públicas, mas também em teatros e centros culturais, interpretam músicas do repertório da MPB e canções infantis, dança, teatro e artes circenses. “Nosso foco principal é levar nossa arte, sempre garantindo muita integração da plateia com os artistas, o que concentra muita energia nas apresentações”, comenta o diretor artístico da Bandalheira do Bem, Dimi Zumquê.

Para Zumquê, a temporada de 2022 foi muito especial, pois marcou o reencontro dos artistas com o público, depois de um tempo sem apresentações presenciais, por conta da pandemia”. O artista destaca que, a cada show oferecido, o grupo teve vivências emocionantes.


As apresentações contaram com estudantes de escolas públicas e com a presença de educadores, autoridades, prefeitos locais, representantes dos patrocinadores e a população em geral. Para conferir o resultado das apresentações, basta acessar o Instagram @bandalheiradobem.

SERVIÇO:
Live show do projeto Bandalheira do Bem

Data: 19/11/2022
Horário: 11h
Acesso gratuito : https://youtu.be/3gjSm1P5xYw

Atividades on-line (a partir de 21/11)
- Oficina de confecção de bonecos
- Oficina de instrumentos de cordas



Obs. Todas as atividades do projeto, tanto presenciais quanto on-line, são gratuitas.


Atendimento à Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:

Andrea Berzotti (16) 99138 6185 ([email protected])
Luciana Grili (16) 99152 2707 ([email protected])

Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 ([email protected])

Notícias Relacionadas »
Comentários »