MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
27/10/2022 às 23h11min - Atualizada em 27/10/2022 às 23h11min

Projeto de padronização das feiras livres de Araguaína é apresentado a vendedores

Município pretende adquirir 450 novas barracas que serão doadas aos feirantes até o primeiro semestre de 2023

Assessoria
Feirantes dizem sim durante reunião e o prefeito reforça: “Vamos oferecer melhores condições de venda e comercialização” - Foto: AscomAraguaína / Marcos Sandes
 
O projeto de revitalização visual das feiras livres foi apresentado durante uma reunião na última quarta-feira, 24, para os vendedores. A iniciativa prevê a entrega de 450 novas barracas padronizadas com tendas sanfonadas. O evento, realizado no pátio da Secretaria da Assistência Social, contou com a presença do prefeito Wagner Rodrigues, secretários e servidores.
Segundo o gestor, as novas barracas fazem parte do Plano de Governo e tem como intuito facilitar o trabalho dos feirantes. “Queremos muito fazer essa entrega, pois vai ficar um ambiente mais bonito, agradável e vocês terão mais facilidade na limpeza e transporte. Dessa forma, vamos poder oferecer melhores condições de venda e comercialização”, disse Wagner.
Em seu discurso, o gestor reforçou a responsabilidade dos feirantes com a via pública após as vendas. “Estou recebendo fotos no meu WhatsApp sobre restos de alimentos vendidos nas feiras que estão sendo deixados nas ruas, próximo de bueiros e peço para que nos ajudem com a limpeza do local”, reforçou.
 
Mais segurança
Durante a reunião, estiveram presentes mais de 125 feirantes, que levantaram as mãos aprovando a iniciativa. O vendedor de polpas de frutas, Divino José acredita que as doações das barracas vão proporcionar mais segurança.
“Já aconteceu acidente, por causa da barraca em más condições de uso cair na cabeça de um feirante, por isso a gente estava precisando. Com esse planejamento, será maravilhoso, além das barracas serem mais práticas em 5 minutos estão montadas. Fico muito agradecido pelo prefeito está cumprindo com a promessa”, relatou o feirante.
         
Segmentos organizados por cores
As barracas quando adquiridas irão beneficiar mais de 200 feirantes cadastrados. Os novos itens terão cinco cores, a amarela será destinada para os feirantes que vendem cereais, temperos e condimentos. O verde musgo à comercialização de hortifruti e granjeiros.
A cor azul para a venda de comidas típicas e lanches, a cor cinza estará ligada aos artesanatos, roupas, eletrônicos e utilidades. E, por fim, a cor vermelha para venda de carnes vermelhas e pescados.
 
Como serão as novas barracas?
As barracas com tendas sanfonadas terão o tamanho de 3 x 3 metros e vão acompanhar uma mesa dobrável para a exposição dos produtos. Contarão com uma estrutura metálica e de sustentação com mais de 2 metros de altura, fabricadas com chapas de ferro metalon.
De acordo com o projeto, tanto a saia e a lona de cobertura das barracas terão a logo do Município e da Funamc, serão compostas por um material emborrachado, impermeável e com blackout, ou seja, possuem resistência a chuva e bloqueia a passagem de luz. Dessa forma, evitará que o material esquente com a exposição solar, se tornando mais seguro também contra incêndios.  
 
Espaço democrático
A reunião foi aberta para a comunidade tirar dúvidas e opinar sobre o projeto. Foi o caso da feirante Nilva Santos, que buscou saber sobre as adaptações. “Eu trabalho com muita mercadoria, por isso minha bancada é maior do que essa que será fornecida, como irei fazer?”
“Aqui não tem nada engessado, tudo pode ser adequado”, esclareceu o prefeito, acrescentando que, nesses casos, poderão ser cedidas mais barracas ou bancadas para atender a necessidade de cada feirante. Ele explicou ainda que próximas reuniões serão feitas para adaptar à realidade dos segmentos de venda.
 
Qual a previsão de entrega?
De acordo com o superintendente Geral da Funamc, Neif Gomes, as novas barracas estão previstas para serem entregues no primeiro semestre de 2023.
“A licitação das barracas será agora no próximo dia 4 de novembro, que serão adquiridas com recursos do Tesouro Municipal. A empresa que vencer, terá até 30 dias para assinar o contrato e mais 30 dias para entregar os produtos. A expectativa é que até início de janeiro possamos fornecer as novas unidades para os nossos feirantes”, informou.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90