MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
26/10/2022 às 22h37min - Atualizada em 26/10/2022 às 22h37min

PF investiga suspeitos de compra de votos e caixa 2 em Araguaína, Nova Olinda e Aragominas

Foram cumpridos 24 mandados judiciais nas três cidades

Assessoria
Sede da Polícia Federal em Araguaína - Foto: Divulgação
 
A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (26/10) uma operação que tem como objetivo apurar suposto esquema de compra de votos e ‘Caixa 2’ na região norte do Tocantins.

Ao todo, foram cumpridos 24 mandados de busca e apreensão em diversas residências, bem como em estabelecimento comercial, nos municípios de Araguaína (22), Aragominas (01) e Nova Olinda (01), expedidos pela 1º Zona Eleitoral da Justiça Eleitoral de Araguaína.

De acordo com os elementos informativos colhidos até o momento, os eleitores teriam sido aliciados com dinheiro em espécie ou com vale-combustível para que favorecessem determinado candidato, cujo nome não foi divulgado.

Conforme a Polícia Federal, fornecer, oferecer ou receber dinheiro ou vantagens em troca de voto, constituem crime previsto no Código Eleitoral, cuja pena é de até quatro anos de reclusão e multa.

Além disso, se constatado o abuso de poder econômico na campanha eleitoral, poderá haver a inelegibilidade dos candidatos envolvidos pelo prazo de 8 (oito) anos.

O nome da operação ‘Erk’ significa livre arbítrio, e faz referência à liberdade de escolha dos representantes por meio do direito ao voto.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90