MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
20/10/2022 às 19h40min - Atualizada em 20/10/2022 às 19h40min

Fapema apresenta projeto de Robótica Inclusiva na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Secom
Foto: Divulgação
 
A robótica utilizada para facilitar o cotidiano de pessoas com deficiência, por meio do desenvolvimento de produtos e projetos inclusivos. Na agenda da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Maranhão (SNCT), o estande da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema) apresentou uma mostra prática da utilização desta tecnologia no dia a dia. O projeto Robótica Inclusiva tem a participação de um grupo de estudantes do curso de Robótica do Instituto Federal do Maranhão (IFMA). O mecanismo mostrado no stand da Fapema na “Cidade da Ciência”, montada na Praça das Mercês, tem como objetivo facilitar a vida de quem tem deficiência visual e auditiva.

O projeto é coordenado pelo professor Almir Sousa, do Instituto Federal do Maranhão, que participou de intercâmbio de formação em Robótica, em Portugal, por meio do programa “Professor Cidadão do Mundo”, uma iniciativa inédita do Governo do Estado, coordenado pela Fapema, e que deve ser ampliado em 2023 pelo governador Carlos Brandão. 

O diretor-presidente da Fapema, André Santos, pontuou o simbolismo e importância social destas iniciativas. “Temos projetos de robótica e tecnologias ativas sendo aplicados por professores de todas as regiões do Estado e, nesse sentido, é importante, pois além de estimular o aprendizado, tem o viés a linha da inclusão social. Uma bandeira do governador Carlos Brandão, e que tem recebido fortes investimentos do Governo do Estado. A Fapema, seguindo essa máxima e acreditando que todos devem ter a oportunidade de avançar, apoia por meio de editais diversos projetos nesse segmento”, avaliou.

O projeto de Robótica Inclusiva tem sido motivador dos estudantes com deficiência auditiva e visual, ressaltou o professor de Robótica do IFMA, Almir Sousa, que coordena o projeto exposto por alunos no estande. “Temos observado que o tópico da inclusão fez despertar nos alunos o desejo de desenvolver produtos, protótipos e robores que facilitem e melhorem a vida das pessoas com deficiência”, explicou o docente.  

Uma das propostas citadas pelo professor é a campainha inclusiva, desenvolvida por uma estudante com deficiência auditiva, que tinha dificuldades de identificar este som. “Ela conseguiu fazer com que o celular dela avisasse sempre que houvesse toque da campainha. Um projeto que agrega a inclusão e a robótica. Este tem sido o foco dos projetos que temos trabalhado com os alunos”, explica o professor. 

Em outro caso, voltado para alunos com deficiência visual e que utiliza visão computacional, estão os óculos, que identifiquem que existe objeto à sua frente e indicará o obstáculo. “Um produto que se soma à bengala identificando um objeto na parte superior e evitando que a pessoa esbarre neste ponto. Estes projetos só reforçam o avanço da robótica com esse viés inclusivo e que vem sendo sucesso”, explica o professor. 

Todos os protótipos e produtos em exposição tiveram contribuição importante da Fapema, por meio do programa Professor Cidadão do Mundo. Nessa oportunidade, professores maranhenses da rede pública viajaram para Coimbra e Porto, em Portugal. “Tivemos contato com tecnologias de primeiro mundo, treinamento utilizando internet das coisas, banco de dados, exame computacional, a própria robótica. Isso foi fundamental para o desenvolvimento e aprimoramento dos projetos que estamos executando”, afirmou o professor Almir Sousa.

Levi Davi Pereira, 17 anos, do curso de Automação Industrial do IFMA, pontuou a importância dos incentivos da Fundação para estimular o avanço de pesquisas nesse e outros segmentos da tecnologia. “Nos faz ter mais estímulo, mais interesse e estudar mais para ampliar conhecimentos nesta área, reforçar o que aprendemos em nosso curso e sempre pensar na utilidade prática para a sociedade quando desenvolvemos os projetos”, afirmou o jovem estudante.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90