MENU

30/09/2022 às 19h22min - Atualizada em 01/10/2022 às 00h00min

De olho no futuro: Ancar Ivanhoe aposta em tecnologia e lança o Shopping 5.0

Estratégia de inovação do grupo busca ressignificar a jornada de compra do consumidor, proporcionando uma experiência personalizada e phygital

SALA DA NOTÍCIA Tiago Bruno
 

Rio de Janeiro, setembro de 2022 – Assistente virtual Ana, Hub do Lojista e novo app do shopping. Lançadas simultaneamente, essas são as soluções digitais que prometem elevar a experiência e personalizar ainda mais a jornada de compra dos clientes dos shoppings administrados pela Ancar Ivanhoe, propondo mais integração entre o on-line e o off-line. Nesta primeira fase, quase todos os empreendimentos do grupo no Rio de Janeiro já terão acesso aos recursos, sendo eles os shoppings Botafogo Praia, Boulevard, Nova Iguaçu e Nova América.

Os clientes, a partir de agora, poderão contar com uma ajuda extra: a Ana, uma assistente virtual que funciona através de inteligência artificial e machine learning. Ela é capaz de responder perguntas sobre lojas, promoções e ofertas, além de fazer reservas de restaurantes, comprar ingressos de cinema e muito mais, aprendendo com os consumidores e identificando o hábito de consumo para atender de forma customizada. Ela pode ser acessada através do WhatsApp ou nos sites dos shoppings. A expectativa é de que a ferramenta seja implementada em todos os estabelecimentos do grupo até 2023.

“Ana chega para ressignificar a forma de como as pessoas vão se relacionar com os nossos empreendimentos. Esse chatbot é o resultado do nosso trabalho incansável de trazer o que há de mais inovador do mercado para os nossos clientes. Ana vai tornar a experiência on-line cada vez mais descomplicada e, consequentemente, permitir que o nosso usuário tenha acesso a qualquer hora do dia, em qualquer dia da semana e qualquer produto digital dos shoppings. A Ana já recebeu mais de 100 mil mensagens nos últimos 6 meses e teve 97% de assertividade nas respostas. Nossa expectativa é que a Ana seja uma peça fundamental na jornada dos nossos clientes”, comenta Caroline Pereira, líder de marketing da Ancar Ivanhoe.

Os lojistas também ganharão um auxílio de peso: acesso a diversas informações do público dos shoppings, como perfil, frequência, tempo de permanência, motivações e interesses, permitindo a construção de estratégias direcionadas e a criação de conteúdos de forma segmentada. O aplicativo Hub do Lojista, disponível para Android e iOS, ainda vai possibilitar a comunicação direta entre lojista e o shopping em tempo real, com fácil acesso e segurança, tudo em um único lugar. 

Por fim, o app do shopping, que vem sendo aprimorado nos últimos tempos, ganhará ainda mais funcionalidades, permitindo o pagamento do estacionamento, acesso a descontos exclusivos e a outros serviços dos empreendimentos, tornando-se um ambiente digital ainda mais completo.

Segundo Alexander Martins, gerente de inovação da empresa, todas essas iniciativas têm o objetivo de preparar os ativos da Ancar Ivanhoe através da consolidação de uma mentalidade omnicanal e de uma cultura de gestão de dados. “Os últimos anos aceleraram muito a digitalização de vendas e da própria informação, mas se tem um aspecto insubstituível quando se fala em varejo físico é a experiência que ele proporciona. Pensando nisso, a Ana e todas as nossas soluções estão olhando para esse cenário de apoiar a experiência de todos que circulam diariamente nos nossos shoppings, seja no físico ou no digital”, reforça.

 

Tendência

O uso da tecnologia para aproximar pessoas e marcas vem aumentando consideravelmente nos últimos anos. Uma das ferramentas que mais ganhou destaque foi o assistente virtual para atendimento ao cliente. Segundo o site de pesquisa Ubots, 21% dos bots criados no Brasil em 2021 foram destinados ao setor varejista. Em 2019, 60 mil novos chatbots entraram no mercado, já em 2020 o número teve um salto para 101 mil. O crescimento considerável do uso de assistente virtual nas estratégias de comunicação se dá por trazerem agilidade no diálogo com o público, auxiliarem na comunicação interna das empresas e melhorarem o processo de vendas.

De acordo com a Câmara Brasileira da Economia Digital, as vendas do e-commerce aumentaram 73% em 2020 no comparativo com 2019. Uma outra pesquisa, realizada pela Ebit/Nielsen, apontou que 13 milhões de pessoas se tornaram novos consumidores on-line.



 
Notícias Relacionadas »
Comentários »