MENU

29/09/2022 às 19h21min - Atualizada em 29/09/2022 às 19h21min

Escolas Municipais realizam projeto de eleição simulada com estudantes

Cerca de 1000 alunos da Escola Darcy Ribeiro participaram da votação

Letícia Holanda - Com colaboração de Sara Ribeiro
Ascom
Estudantes realizando simulação e escolhendo os candidatos aos cargos de Governador e Presidente da República - Foto: Assessoria
 
Com a proximidade das eleições para presidente, deputados federais e estaduais, senadores e governadores, várias unidades de ensino vinculadas a Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizam ações que dialogam sobre o tema. A exemplo disso, a Escola Municipal Darcy Ribeiro aplicou o projeto “Cidadania é uma conquista: aprendendo e participando do Processo Eleitoral 2022”, com uma eleição simulada, para os alunos entenderem o funcionamento da ação democrática.

A atividade foi um comparativo com a realidade da votação para os cargos de governador e presidente. Além disso, foram atribuídas funções aos alunos de presidentes de mesa, secretários de seção, uso de aplicativos da Justiça Eleitoral e urnas eletrônicas simuladas por computadores, para alcançar o objetivo de dar oportunidade para entender o passo a passo do exercício da cidadania numa eleição.

Para a gestora da instituição, Cleres Carvalho, os estudantes devem conhecer as ações que envolvem o futuro da sociedade, principalmente, exercendo o papel democrático. “Decidimos trabalhar durante esse mês com os estudantes para que saibam o que é votar, sua funcionalidade, estar consciente da ação e entender a importância de não infringir as leis eleitorais. Os estudantes precisam vivenciar este momento democrático”.

O secretário de educação, José Antonio Pereira, ressaltou a necessidade das escolas trabalharem essa relação do ensino com a legislação eleitoral. “É uma oportunidade que os estudantes têm para encenar o que seria uma votação, proporcionando uma experiência de exercer a representatividade da cidadania e democracia”.

Cerca de 1000 alunos do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA) envolveram-se no projeto. “É uma oportunidade de aprender mais, e perceber a importância do poder do voto, pois é importante para sociedade e para o povo”, frisou o aluno Pedro Vinícius Pereira.

Eleição
Para esse processo de votação que ocorre no próximo domingo (02), a Prefeitura de Imperatriz cedeu à Justiça Eleitoral 54 escolas que funcionarão com sessões eleitorais. Em razão disso, nesta sexta-feira (30), as aulas para essas unidades em específico ficarão na plataforma Geduc e pela TV Educaitz, canal 7.2.

Notícias Relacionadas »
Comentários »