MENU

16/08/2022 às 19h45min - Atualizada em 16/08/2022 às 19h45min

Blitz alerta sobre os riscos das queimadas em área urbana

Outras ações como essa serão realizadas pela Secretaria de Meio Ambiente nos próximos dias

João Rodrigues
Ascom
Distribuição de material informativo sobre queimadas aconteceu no Centro comercial - Foto: Assessoria
 
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMMARH), deu continuidade nesta terça-feira (16), as ações de orientação à população sobre a preservação do meio ambiente e os perigos das queimadas em área urbana. A blitz para distribuição de material informativo foi realizada na parte da manhã na Avenida Getúlio Vargas, na área do Calçadão, Centro.

Ação educativa tem por tema “Queimada é crime! Com ela, todos sofrem. Denuncie”, e teve a participação de estudantes do programa Agente Jovem Ambiental.

“Esta blitz é uma forma que a Secretaria de Meio Ambiente encontra de abordar as pessoas que vem dos bairros para o centro da cidade e fazer a divulgação dos riscos das queimadas. É uma ação de conscientização, chamar a atenção da população, porque um dos papéis da secretaria é divulgar e orientar as pessoas sobre a importância da preservação ambiental”, explicou a titular da SEMMARH, Rosa Arruda.

A campanha educativa é apenas uma das ações da pasta, que vem intensificando a fiscalização para o combate das queimadas em área urbana de Imperatriz. Rosa Arruda fez questão de destacar que a Lei a Lei 9.605 de 1998 e o decreto 6514 de 2008, proíbem o uso de fogo para a limpeza de áreas e a queima de lixo no perímetro urbano.

“Isso se caracteriza como poluição e é passivo detenção de 1 a 4 anos e multa de valor mínimo de 5 mil reais, e no valor máximo de 50 milhões de reais para o responsável pela área queimada. Essa multa é aberta e é mensurada conforme o dano causado”, pontou a secretária.

A blitz
A ação educativa entregou centenas de panfletos da campanha as pessoas que passaram pelo Calçadão. Dentre os que receberam o material informativo, estava o empreendedor José Pereira Neto que aprovou a iniciativa.

“Este é um trabalho importante que vem gerar consciência para que nós possamos cuidar do meio ambiente, porque muitas pessoas não olham para isso e estamos cada dia pagando por não cuidar do meio ambiente”, ressaltou José Neto, acrescentando que a Prefeitura está de parabéns pelo trabalho educativo.

“Esta é uma ação que a gente sempre faz, principalmente neste período que é muito seco e há essa necessidade de conscientizar a população a não fazer as queimadas na área urbana por que isso é um crime, prejudica o meio ambiente e as pessoas”, justificou Kelly Rodrigues, do setor ambiental da SEMMARH. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »