MENU

09/08/2022 às 19h39min - Atualizada em 09/08/2022 às 19h39min

Edivaldo anuncia criação do Auxílio Maranhão para o combate à extrema pobreza

Da Assessoria
Foto: Divulgação
 
O ex-prefeito de São Luís e candidato a governador pelo Partido Social Democrático (PSD), Edivaldo Holanda Junior, usou as redes sociais, no início da tarde de ontem, para anunciar que uma de suas ações ao tomar posse em janeiro de 2023 é a implementação do “Auxílio Maranhão”. 

“O Maranhão é um estado com grande potencial de desenvolvimento, mas infelizmente figura entre os primeiros em todos os índices de pobreza e concentração de renda. A fome entrou na casa da nossa gente. Por não me conformar com essa situação, como governador, vou criar o Auxílio Maranhão”, anunciou o candidato. 

O programa Auxílio Maranhão, conforme explicou Edivaldo, consiste na transferência de renda através de um cartão para aquisição de alimentos na rede de comércio local, movimentando e aquecendo a economia nos municípios maranhenses e gerando empregos e renda aos que mais precisam. 

A meta, ainda segundo ele, é atender prioritariamente as cerca de 66 mil famílias em situação de extrema pobreza que atualmente estão na fila do Cadastro Único do governo federal para receber o Auxílio Brasil. 

“Precisamos combater com urgência e eficiência esses índices alarmantes de pobreza no Maranhão e vamos fazer isso beneficiando, de imediato, as pessoas que mais precisam. Esses não têm como esperar”, afirmou, destacando que já colocou a sua equipe técnica para estudar e viabilizar a melhor forma de implantar a ação. 

Ao anunciar o Auxílio Maranhão, Edivaldo reafirma que o foco essencial do seu governo terá ações que resolvam os problemas do estado, em especial, o combate à fome e fortalecimento das economias locais.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »