MENU

04/03/2022 às 12h12min - Atualizada em 06/03/2022 às 00h01min

Solar Social, startup de impacto social, vence programa da aceleradora VENTIUR e conquista R$ 400 mil para lançar plataforma de doação inovadora

Com a captação, a startup lançará uma plataforma de solidariedade inovadora para conectar doadores e voluntários a ONGs e causas sociais. Plataforma potencializa doações e ajuda empresas a melhorarem suas ações de ESG, responsabilidade social e voluntariado corporativo

SALA DA NOTÍCIA Caio Olliveira
Fotos: SolarSocial/Divulgação

A Solar Social, startup especializada em soluções de Impacto Social, recebeu um aporte financeiro de R$400 mil. O investimento foi realizado pela VENTIUR Aceleradora, juntamente com seus veículos de investimento Hélice, Fundo20 e coinvestidores.

O aporte foi conquistado após a participação da startup no Warmup VENTIUR o que possibilitou a entrada no programa de Aceleração GoHard14, da VENTIUR (uma das principais aceleradoras do país e a primeira da região Sul), no qual foi uma das quatro selecionadas para receber o investimento, das mais de 200 empresas participantes. A Solar foi a única startup de impacto social selecionada.

Com o aporte, o objetivo é lançar uma nova versão da sua plataforma de solidariedade, para multiplicar o potencial de doações no Brasil e no mundo, e também contribuir para que empresas organizem, divulguem e ampliem suas ações de responsabilidade social e ESG, com mais eficiência e transparência. “O investimento possibilitará à empresa levar amor, alegria e esperança para milhões de pessoas que precisam. Também ajudará as empresas a tornarem suas ações de ESG, responsabilidade social e voluntariado corporativo mais públicas e transparentes, possibilitando uma maior humanização das marcas”, afirma Leandro Pato, fundador e CEO da Solar Social.

A Solar Social está criando uma “Rede Social de Solidariedade”, no qual pessoas físicas e jurídicas poderão a partir da nova plataforma, de forma simples, prática e transparente, fazer doações e ações de voluntariado, para ONGs, entidades sociais, eventos solidários, dentre outras iniciativas. Durante a testagem do protótipo da plataforma e de uma pesquisa de produto, durante o processo de pré-aceleração em 2021, grandes empresas nacionais e globais tiveram a possibilidade de conhecer a ferramenta e algumas já se interessaram em utilizá-la como solução de Responsabilidade Social Corporativa e ESG.

Entre as empresas que testaram a ferramenta, estão: 2TM Group, Mercado Bitcoin, AXA XL, Mubea, Banco Itaú, Rock in Rio, Samsung, United Health Group Brasil, AGC Brasil, Dana Corporation, Reserva, Distrito, Grupo SEB, USP, Incentiv.me, entre outras.

 

LANÇAMENTO
O empreendedor prevê que até o final do próximo mês de junho a nova versão da plataforma estará no ar. A iniciativa contará com diversos recursos gratuitos e personalizados para doadores, voluntários e causas sociais, e recursos pagos para empresas, com diversas funções inovadoras e customizadas para gestão de responsabilidade social, ESG e voluntariado corporativo.

“Como foi um aporte inicial, pretendemos evoluir para novas rodadas de investimentos para melhorias e escalabilidade da plataforma e desenvolvimento de novos produtos relacionados a ela, como um APP e APIs de doações” para sites e aplicativos externos, diz.

 

HISTÓRICO
A Solar Social surgiu, em 2010, após o empreendedor social Leandro Pato ter tido uma carreira musical de quase 10 anos, experiências como trabalhar em umas das maiores obras sociais do mundo (Fazenda da Esperança), ter ajudado o desenvolvimento de um cadeirante rockeiro com paralisia física e cerebral, e ter um irmão com uma síndrome rara, a Síndrome de Williams, que é o seu melhor amigo e o ajudou a ter várias conquistas ao longo do tempo. "Comecei esse trabalho em 2010, na cidade de Taubaté, com o propósito de realizar ações sociais unindo música e artes com inclusão e solidariedade, inspirado no meu irmão e nas experiências socioculturais que tive. Após 50 eventos realizados, percebi que muitas pessoas e empresas queriam fazer o bem, de diferentes maneiras, mas tinham dificuldades ou desconfianças para fazer uma doação, e do outro lado, conheci muitas pessoas que precisavam de ajuda, passando fome, frio, doenças, entre outros. Por isso, pensei em construir uma plataforma de conexões solidárias, para solucionar este problema", finaliza Pato.

Com a tecnologia desenvolvida até o momento, a Solar Social já realizou mais de 150 mil doações, para mais de 300 ONGs e Entidades Sociais, beneficiando mais de 100.000 pessoas em todo país, auxiliando mais de 500 doadores e 200 empresas a fazerem o bem, cada uma do seu jeito. O projeto pode ser acessado pelo site solarsocial.net.

 

SOLAR SOCIAL
A Solar Social é uma plataforma online de solidariedade que conecta pessoas que desejam ajudar com pessoas que precisam de ajuda, com o propósito de tornar o processo de doação mais simples e transparente através da tecnologia. Com mais de 10 anos de história, já impactou a vida de milhares de pessoas em todo Brasil.

A startup já foi selecionada e recebeu investimentos de alguns dos principais programas de inovação, startups e impacto social do Brasil e do mundo, promovido por empresas e institutos como: Distrito, Founder Institute, Pluris Aceleradora, Instituto SEB, Amazon, SAP, Samsung, USP, entre outros. Conheça o projeto em https://solarsocial.net/


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »