MENU

23/08/2021 às 11h24min - Atualizada em 23/08/2021 às 11h40min

Nova tecnologia aproveita o potencial inexplorado do milho para indústria de bioenergia

Fortiva® Hemi da Novozymes permite melhorias significativas nos rendimentos de óleo e etanol durante a produção de etanol de milho.

SALA DA NOTÍCIA PAULA BATISTA
Novozymes
A Novozymes, líder mundial em soluções biológicas, ampliou seu portfólio de soluções enzimáticas inovadoras para a indústria de bioenergia com o lançamento de Fortiva® Hemi. O novo produto exclusivo traz novas enzimas para liquefação que permitem uma conversão de substrato incomparável para fornecer os maiores rendimentos possíveis de óleo de milho e etanol. Eficaz nas mais amplas faixas de pH e temperatura, é também a solução de liquefação disponível mais flexível para produtores de etanol de milho.

"Os custos com o milho na produção continuam sendo os custos variáveis mais altos para produtores de etanol combustível e, desta forma, a não conversão de tudo que está disponível no milho representa oportunidade perdida”, disse William Yassumoto, Diretor de Biosoluções para Industria e Agricultura e Presidente da Novozymes na América Latina. “Fortiva® Hemi permite a utilização de um potencial anteriormente inexplorado na conversão de milho, criando a oportunidade para um aumento de mais de 10% no rendimento do óleo de milho e até 1% de rendimento adicional de etanol, aumentando a rentabilidade em um mercado de etanol desafiador”.

As usinas de etanol combustível anteriormente só conseguiam atingir, em média, 40% de eficiência na extração do óleo de milho disponível, embora alcancem mais de 95% de eficiência na conversão de amido em etanol. Fortiva® Hemi atua sobre a matriz da fibra durante a liquefação, criando o potencial para uma melhor conversão que leva à maior extração de óleo e produção de etanol anteriormente inacessível.

A nova tecnologia enzimática opera em liquefações de alta temperatura (91°C), em uma ampla faixa de pH e é ideal para as condições operacionais de todas as plantas.


Criando novos padrões no rendimento de óleo de milho
A Novozymes acredita que aumentar a eficiência da extração do óleo de milho pode ser significativo para o avanço da produção de etanol.

“Fortiva® Hemi é uma tecnologia de liquefação baseada na flexibilidade operacional que nossos clientes esperam e valorizam. Espera-se criar um novo padrão para o rendimento do óleo de milho na indústria de bioenergia que exceda 10% a mais no rendimento do óleo”, acrescenta William Yassumoto. “Essa nova tecnologia da Novozymes auxilia as plantas de etanol a explorar melhor o potencial do milho resultando em uma pegada de carbono menor. É a inovação biológica que impulsiona a indústria de biocombustível para energia mais sustentável e renovável”
 
     
  Fatos
  • Fortiva® Hemi traz novas enzimas para liquefação que proporcionam uma melhoria de rendimento de óleo superior a 10% e ganho de rendimento de etanol de até 1% em comparação com as soluções de liquefação líderes da indústria, Novozymes Fortiva® Revo.
  • As novas enzimas de Fortiva® Hemi solubilizam eficientemente amido em açúcar e aumentam a disponibilidade de óleo na liquefação para posterior extração.
  • Fortiva® Hemi ajuda as plantas de etanol a produzir mais produtos acabados com menos insumos de milho, resultando em um impacto menor de carbono. 
  • Com Fortiva® Hemi, os produtores de etanol de milho têm a flexibilidade de operar a liquefação em temperaturas de até 91°C e em faixas de pH de 4,8 a 6,0 para maximizar a conversão do milho.
  • Fortiva® Hemi é a primeira solução enzimática projetada para agir especificamente sobre a matriz de fibra de milho durante a liquefação, criando a oportunidade para uma conversão aprimorada em etanol e maior disponibilidade de óleo, sem criar açúcares indesejáveis que podem causar incrustação.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...