MENU

07/02/2021 às 00h00min - Atualizada em 07/02/2021 às 00h00min

Datas Comemorativas

(07 a 13 de fevereiro de 2021)

Da Redação
GB Edições

07/02
- Dia do Gráfico
- Início da navegação a vapor entre o Brasil e a Europa (1851)
- Circula a primeira edição do jornal "Farol Paulistano" (1827)
 
08/02
- Nasce Júlio Verne, escritor de novelas francês, criador da novela de ficção científica. Autor de “Volta ao Mundo em 80 Dias” (1828)
 
09/02
- Morte do Barão do Rio Branco (1912) 
- Organização da Companhia de Estrada de Ferro D. Pedro II (1855), posteriormente Estrada de Ferro Central do Brasil
 
10/02
- Dia do Atleta Profissional
 
11/02
- Dia do Zelador
- Início da ocupação holandesa no Brasil (1630)
- Morte de Oswaldo Cruz (1917)
- Dia Mundial do Enfermo 
 
12/02
- Fundação de Belém/PA (1616)
- Marquês de Caxias assume o comando supremo dos aliados na Guerra do Paraguai (1865)
- Ocupação da Guiana Francesa por tropas brasileiras em represália à invasão de Portugal (1865)
- Nascimento de Olga Benário, em Munique (1908)
 
13/02
- Nascimento de Campos Sales (1841)
- Dia Nacional do Ministério Público 
- Morre Irmã Lúcia de Jesus dos Santos (2005) – a Irmã Lúcia do Coração Imaculado

A vida de um gênio chamado Júlio Verne

Júlio Verne nasceu em 08 de fevereiro de 1828 e é considerado o precursor da ficção científica moderna / Foto: Arquivo GB Imagem
Um dos precursores da ficção científica moderna, Júlio Verne acabou prevendo desde a criação da televisão à utilização da água e da luz do sol na geração de energia. Foi influenciado por “As Viagens de Gulliver”, de Jonathan Swift, e ”Robinson Crusoé”, de Daniel Defoe. 
Júlio Verne, em francês Jules Verne, nasceu em Nantes, na França, no dia 08 de fevereiro de 1828. Era o filho mais velho dos cinco filhos de Pierre Verne, advogado, e Sophie Allote de la Fuÿe, esta de uma família burguesa de Nantes.
Com mais de 100 livros escritos, até hoje Júlio Verne é um dos escritores cuja obra foi mais traduzida em toda a história, com traduções em 148 línguas, segundo estatísticas da UNESCO. Na maioria de seus livros, o escritor previa o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos, máquinas voadoras e viagem à Lua.
Suas obras mais conhecidas, entre muitas outras, é “Vinte Mil Léguas Submarinas” e “A Volta ao Mundo em Oitenta Dias”.
Um dos seus livros “Paris no Século XX”, foi escrito em 1863 e somente publicado em 1989, quando o manuscrito foi encontrado pelo bisneto de Verne. Livro de conteúdo depressivo, foi rejeitado por Pierre-Jules Hetzel, seu editor, que recomendou não o publicar na época, por fugir à fórmula de sucesso dos livros já escritos, que falavam de aventuras extraordinárias. Verne seguiu seu conselho e guardou o manuscrito em um cofre, só sendo encontrado mais de um século depois.
O seu último livro publicado foi “O Senhor do Mundo”, em 1904. Júlio Verne faleceu em 24 de março de 1905, em Amiens.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...