MENU

17/11/2022 às 15h21min - Atualizada em 20/11/2022 às 00h06min

Zé Mineiro, fundador do grupo J&F, concede entrevista inédita no lançamento do podcast Giro do Boi

Entrevista já está no ar e pode ser ouvida nas principais plataformas de áudio

SALA DA NOTÍCIA
Bárbara Vitoria de Moraes

José Batista Sobrinho, também conhecido como Zé Mineiro, fundou em 1953 a JBS, reconhecida hoje como a líder global da indústria de alimentos. Com 88 anos, Zé Mineiro diz que vai longe e não pensa em se aposentar. Ele destaca também o orgulho dos funcionários da empresa. “Para a gente significa muita coisa. Nós temos pessoas com vinte, quarenta anos na empresa. Eu adoro ficar no meio deles, porque eles nos carregam, nos ajudam”, confessa. 

Ele conta, com exclusividade, sua história e trajetória profissional no lançamento de Giro do Boipodcast do Canal Rural originado do programa de TV de mesmo nome no ar há oito anos. (Clique aqui e baixe as fotos de bastidores da gravação - Divulgação/ Giro do Boi)

Durante a conversa com Mauro Sérgio Ortega, jornalista e apresentador do Giro do Boi, Zé Mineiro dá detalhes da compra do primeiro frigorífico em Formosa (GO), onde tudo começou, até a criação do grupo J&F que controla empresas como JBS, Banco Original, PicPay, Âmbar Energia e o Canal Rural. “Em 1969, comprei um frigorífico em Formosa. Em 1979, compramos a primeira planta frigorífica com Serviço de Inspeção Federal (SIF).  Depois, crescemos e compramos outro em Luziânia e em Planaltina. Naquela época, a gente abatia até quatrocentos bois por dia”, explica o fundador da maior empresa de alimentos do mundo. 

A conversa com Zé Mineiro passa também por momentos importantes para a marca, como a compra da Swift & Co. por US$ 1,4 bilhão, em 2007, e a abertura do capital na bolsa. O empresário também destaca o pioneirismo da JBS ao criar o “mercado futuro do boi gordo”, que permite a negociação de arrobas da espécie, em uma data futura, por um preço preestabelecido.  

 O podcast Giro do Boi terá episódios inéditos a cada quinze dias, sempre às sextas-feiras. Nos episódios, Mauro Sérgio Ortega traz histórias de grandes personalidades do setor. Além disso, os ouvintes poderão acompanhar as principais notícias sobre sanidade, genética, gestão de processos, nutrição, raças, cruzamentos, entre outros. 

“Tenho mais de 30 anos de experiência e há oito anos com o programa no ar. E ampliar esse formato de sucesso para o podcast fará com que todo o conteúdo produzido alcance mais pessoas do setor, os municiando com subsídios para a tomada de decisão”, enfatiza o jornalista.  

Podcasts do Canal Rural - Além do Giro do Boi, neste mês o Canal Rural lançou outros dois podcasts, reforçando o seu posicionamento como uma plataforma omnichannel. “O Canal Rural está em todas as plataformas com conteúdo direcionado ao produtor brasileiro, que a cada dia ganha mais destaque na produção sustentável mundial. Teremos muitas novidades em 2023”, saliente Jaqueline Silva, Diretora de Produto e Programação no Canal Rural.

A emissora amplia o mix de entregas e oportunidades para o segmento com o apoio da parceria estabelecida em junho com a Pod360, hub brasileiro dedicado à produção e gestão de podcasts.

Sobre o Canal Rural

É a principal plataforma de comunicação especializada em agronegócio no Brasil, e possui a maior fidelidade de público entre os concorrentes segundo a 8ª Pesquisa Hábitos do Produtor Rural ABMRA, realizada pela IHS Markit. Há 26 anos, o veículo leva informação e entretenimento a milhões de produtores rurais, oferecendo soluções multiplataforma, incluindo notícias em primeira mão, análises de especialistas em todos os segmentos que influenciam a atividade econômica. Além disso, também é responsável por transmitir leilões e marcar presença nos mais importantes eventos e feiras do País, bem como promovendo a capacitação de profissionais com projetos técnicos.

  • Acompanhe o Canal Rural:

Na TV: são 18 horas diárias de jornalismo e entretenimento. O conteúdo pode ser assistido pelos canais 185 E 685 da NET, 164 da SKY, 185 da Claro TV, (179 da Oi TV) e pelas operadoras NEO TV, na Vivo TV (590), pela parabólica (banda C e banda KU) ou em tempo real pela Internet, no site.  

 

Notícias Relacionadas »
Comentários »