MENU

OPROGRESSONET Publicidade 728x90
01/10/2022 às 00h25min - Atualizada em 01/10/2022 às 00h25min

Quase 400 PMs deixam a capital para reforçar segurança no interior do Tocantins durante eleições

Alunos do Curso de Formação de Praças também estarão engajados

Assessoria
Serão empregados 3,3 mil policiais militares na Operação Eleições 2022 - Foto: Divulgação
 
A Polícia Militar iniciou, na manhã desta sexta-feira (30), o deslocamento de aproximadamente 380 policiais da capital para o reforço de policiamento no interior durante o período eleitoral. A PMTO estará atuando nos 139 municípios por meio da Operação Eleições 2022 no período pré e pós-eleitoral, entre 30 de setembro a 3 de outubro do corrente ano.

De acordo com o Comandante-Geral da PMTO, Coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, a Polícia Militar estará com um efetivo total de 3,3 mil profissionais empregados, incluindo os alunos praças e o efetivo administrativo da capital.

“Hoje estamos iniciando a movimentação dos policiais militares da capital que serão de grande ajuda para o policiamento no interior. Estes profissionais estão empenhados e dispostos a contribuir para a manutenção da ordem pública para que a população possa exercer seu direito ao voto e cidadania”, destacou o Coronel Márcio Antônio Barbosa.

Com intuito de intensificar as ações operacionais preventivas e repressivas sob a responsabilidade da corporação, a operação será executada diuturnamente com envolvimento de todos os policiais militares da ativa. Entre eles, estarão os alunos do Curso de Formação de Praças, de todos os polos educacionais, que serão empregados a fim de cumprirem o estágio policial, acompanhados de policiais já formados.

No decorrer dessa missão, os policiais militares serão empregados preferencialmente nos locais de votação, nas áreas de cartórios eleitorais, locais de totalização e apuração dos votos, vias públicas e estações de transporte.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90