MENU

03/09/2022 às 20h59min - Atualizada em 03/09/2022 às 20h59min

Músicas em Destaque

Ouça!

Da Redação
GB Edições

Projeto                    
Remixes - DJ Igow

DJ Igow, conhecido por assinar os arranjos das músicas de Matheus Fernandes, acaba de lançar sua carreira solo com o projeto “Remixes”. Para esta estreia, que marca ainda sua chegada ao cast de artistas da gravadora Som Livre, o produtor musical remixou em estúdio dois sucessos para apresentar ao público sua sonoridade eletrônica com pegada nordestina. O novo trabalho abre com o maior hit da carreira de Igow até o momento: “Baby Me Atende”, composição assinada por ele em parceria com Matheus Fernandes e Rodrigo Reys, e famosa nas vozes de Matheus e Dilsinho, que até o momento acumula mais de 405 milhões de visualizações no YouTube e 215 milhões de streams no Spotify. Além dela, o lançamento também ainda conta a faixa-foco “Balanço da Rede”, feat. de Matheus com Xand Avião. O projeto “Remixes” já está disponível em todas as plataformas digitais.
 

Single/Clipe                                                            
Lá Fora - Jonathan Ferr, Coruja BC1 e Zudizilla

O jazz nacional ganhou mais um importante capítulo. Tido como um dos principais nomes do gênero instrumental contemporâneo, o pianista afrofuturista (por convicção) e carioca (de nascença) Jonathan Ferr lançou seu novo single “Lá Fora”. A faixa, que é a primeira de seu próximo álbum (“Liberdade”, com previsão de lançamento ainda para este ano), aposta na conexão com o gênero urbano para além do jazz, e traz como participações especiais os rappers Coruja BC1 e Zudizilla. “Lá Fora” chegou ainda com um videoclipe, que conta com a presença dos três artistas. Precursor do urban jazz no Brasil - um braço do gênero musical com uma pegada mais pop, que mistura elementos de hip hop, R&B e outros ritmos, resultado em um jazz mais urbano e popular -, Ferr apresenta em “Lá Fora” (que tem produção assinada pelo beatmaker Lossio) uma sonoridade boombap misturada aos acordes do piano. Com Zudizilla e Coruja BC1 protagonizando os vocais da faixa, o resultado é um “jazz mais urban” do que nunca, tanto pela presença dos rappers enquanto representantes da música urbana, quanto pela estética musical híbrida. Sobre a parceria com Zudizilla e Coruja, o pianista conta: “Cada um escreveu a sua própria rima e acabamos por pensar no refrão juntos. Essa música é o resultado de uma troca profunda entre os envolvidos, ainda mais se tratando de um feat. Quando os meninos toparam a parceria, a primeira coisa que eu fiz foi chamá-los pra tomar uma cerveja, pra que todos pudéssemos nos conectar ainda mais, para que a faixa tivesse algo robusto e verdadeiro. É nesse tipo de conexão que acredito”.

Notícias Relacionadas »
Comentários »