MENU

Palestra com professores de ciências do ensino municipal é tema de live neste domingo, às 19h30

16/08/2020

SÃO LUÍS - A live deste domingo, 16, promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Gestão de Ensino da Educação Básica (PPGEEB) da Universidade Federal do Maranhão, por meio do projeto "Live - Educação Básica em Foco", terá como tema "Ensino de Ciências e questões de relações de gênero em instrumentos didáticos do ensino fundamental" e será transmitida no Instagram do Programa, às 19h30.
Luís Félix de Barros Vieira Rocha, pedagogo, egresso do Programa e educador artístico fará a mediação da live, que contará com a participação de Heline Maria Furtado Silva, também pedagoga e egressa do Programa e membra dos grupos de estudo e pesquisa em Educação, Mulheres e Relações de Gênero (GEMGe) do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) e em Gênero e Sexualidade nas Práticas Escolares (Gesepe), ambos da UFMA. Atualmente é professora na rede municipal de ensino e docente na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). 
A live tem por objetivo apresentar o instrumento paradidático da pesquisa que auxiliou os professores nas questões que se referem às relações de gênero nas aulas de ciências da 1ª etapa do ensino fundamental (2º ciclo), bem como expor o panorama das atividades e materiais didáticos nesta vertente aplicada pelos docentes de ciências, com o intuito de propor um instrumento auxiliador na implementação da orientação da base legal.
Segundo a pesquisadora, o campo de pesquisa deste trabalho foi uma amostragem de escolas municipais de um núcleo educacional do município de São Luís, conforme a divisão das escolas por núcleos estabelecida pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), tendo como sujeitos da pesquisa os professores de ciências desse núcleo educacional e o livro de ciências utilizado por eles.
"A proposta desta pesquisa parte das reflexões a partir de minha experiência profissional, quando atuei como professora e coordenadora pedagógica, com experiência de mais de quinze anos no contexto escolar em instituições de ensino na rede pública e particular, tanto da educação básica como do ensino superior, sediadas na capital e em algumas localidades do Maranhão", contextualizou. 
Ela esclarece que durante estas práticas, observou situações que deflagraram posturas didático-pedagógicas equivocadas por parte dos professores do ensino fundamental  do 1º e 2º ciclo, no que tange aos procedimentos próprios do ensino de ciências, bem como dificuldades de inserção e elaboração de questões que tratam sobre os temas que envolvem a perspectiva da diversidade, para atender as orientações contidas nos Parâmetros Curriculares Nacionais de Ciências.
"A pesquisa procurou conhecer as concepções desses professores de ciências do ensino fundamental na primeira etapa, sobre o tema gênero inserido no ensino de ciências, em face de sua formação inicial e continuada, além de caracterizar as concepções e ações desenvolvidas nas práticas pedagógicas desses professores na vertente da diversidade, pontualmente no trato sobre gênero na relação com as ciências naturais", explicou.
Ela ainda destaca que o projeto defendido no curso de mestrado do PPGEEB, também procurou observar a representação social dada à mulher no ensino de ciências no material didático escolhido pelos professores e o trato dado a esta questão dentro das aulas de ciências, propondo a elaboração e implementação de um material didático pedagógico, visando trabalhar questões de gênero no ensino de ciências no ensino fundamental. 

Saiba mais 
Após a utilização em sala de aula da proposta pedagógica construída pela pesquisa defendida por Heline Maria Furtado Silva, no curso de Mestrado do PPGEEB, foi escrito o "Livro de Literatura Infantil". "Percebi o desenvolvimento do pensamento reflexivo e crítico das crianças, por meio dos questionamentos por eles suscitados, a partir das proposições contidas no texto literário, ou seja, no paradidático intitulado 'Episódios de Valentina, uma menina que queria aprender ciências', que aguarda fomentos para sua publicação pela autora", informou. (Ascom - UFMA)

Link
Próximos Eventos »
Comentários »
Loading...