Sacola com corpo de recém-nascido em matagal no Teotônio Vilela

O corpo de um recém-nascido foi encontrado por populares, na manhã dessa terça-feira (18), em um matagal localizado nas proximidades do residencial Teotônio Vilela, em Imperatriz.
Não há informações sobre quem teria abandonado a criança no local. Dois homens, que estavam limpando a área, encontraram o corpo.
Acionada ao local por populares, a Polícia Militar, por meio do 14º Batalhão da PM, tomou as providências cabíveis para o caso, como informar ao Instituto Médico Legal (IML) e ao Instituto de Criminalística (ICRIM). Após a perícia de praxe, o corpo do recém-nascido foi removido para o IML, onde se encontra.
O delegado regional Eduardo Galvão informou a O PROGRESSO que, de acordo com a perícia, o bebê nasceu vivo e pode ter sido cometido um infanticídio.
O caso será encaminhado à Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa-DHPP para as investigações e a primeira linha é de que tenha sido um infanticídio. 
A DHPP vai investigar também para chegar à pessoa que desovou o corpo onde foi encontrado.