MENU

OPROGRESSONET Publicidade 1200x90
OPROGRESSONET Publicidade 728x90
25/10/2022 às 09h32min - Atualizada em 27/10/2022 às 00h06min

Produtores rurais do Sul do país oferecem os menores riscos de inadimplência, revela estudo inédito da Serasa Experian

Com um perfil mais positivo frente aos credores, esses trabalhadores têm mais oportunidades sobre a tomada e concessão de crédito agrícola

SALA DA NOTÍCIA Serasa Experian
www.serasaexperian.com.br
Divulgação

Um estudo inédito da Serasa Experian feito a partir do Agro Score, solução desenvolvida pela companhia, identificou que os produtores rurais da região Sul são os que oferecem os menores riscos de inadimplência ao mercado de crédito, já que possuem o “perfil de bom pagador” comprovado pelas análises da ferramenta. De acordo com o levantamento, o Score médio dos produtores do Rio Grande do Sul é o maior do país, com 811 pontos quando observado pelo Agro Score. Nos estados do Paraná e Santa Catarina os trabalhadores agrários também possuem um desempenho expressivo em seus perfis de crédito, com pontuações de 794 e 808, respectivamente.  

Para o head de agronegócio da Serasa Experian, Marcelo Pimenta, o Agro Score tem um papel importante em relação à inadimplência dos produtores rurais. “Sabemos que as linhas de crédito são primordiais para que os trabalhadores do campo possam exercer suas funções lucrativas, por isso, com uma análise mais qualificada, os credores conseguem ofertar um recurso financeiro de melhor qualidade, mais barato e seguro. Dessa forma, nossa solução é capaz não só de impulsionar o crédito de forma quantitativa, otimizando o acesso dos produtores, mas também qualitativa, mitigando riscos de inadimplência”. 

“Também é importante pontuar que a avaliação do Agro Score é mais assertiva, pois são levados em consideração os riscos do comportamento financeiro do produtor no mercado e sua relação com a inadimplência associada ao agronegócio. Criamos um Score de crédito desenvolvido com modelagem estatística avançada para atender as peculiaridades do segmento, que é um dos principais motores da economia no país, e para conceder crédito de qualidade”, explica Pimenta. 

Rio Grande do Sul é o estado com menos produtores rurais negativados
O estudo sobre a Inadimplência do Produtor Rural da Serasa Experian revelou que 15,8% desses trabalhadores estavam com dívidas negativadas em março deste ano. Ao avaliar os estados de grande produção agrícola, a inadimplência do setor é, em média, menos que a metade da taxa da população adulta com o nome no vermelho. Nesse levantamento é possível observar que o Rio Grande do Sul possui um dos menores níveis de negativação (11,1%). Veja os dados completos no gráfico abaixo:


Um demonstrativo interessante desse estudo é como o desempenho do setor conseguiu se manter estável durante e após a pandemia. “O agronegócio, continuou gerando empregos e renda neste período, contando também com preços favoráveis à comercialização de seus produtos. Os ganhos dos produtores se mantiveram ou até cresceram em alguns casos, fazendo com que muitos conseguissem pagar as contas e mitigar riscos que geram a inadimplência”, finaliza o head de Agronegócio da Serasa Experian.

Metodologia 
O Estudo de Impacto do Agro Score foi realizado em junho de 2022, com uma amostra de 3 milhões de donos de propriedades rurais de todos os estados brasileiros que realizam transações e linhas de crédito agrícola, além de seguro agro.

O Levantamento de Inadimplência do Produtor Rural foi realizado em março de 2022 e junho de 2021, com uma amostra de 95 mil produtores rurais dos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Serasa Experian no Agronegócio brasileiro
A Serasa Experian ingressou no mundo do crédito agrícola há menos de um ano com investimento inicial de mais de 40 milhões. Desde então, a companhia vem se desenvolvendo rapidamente no setor.

A aquisição da Brain Ag, empresa de big data para operações financeiras do agronegócio, foi um dos passos fundamentais para a ascensão na área. A Serasa Experian também investiu na agfintech TRAIVE, especializada em crédito agrícola e tornou-se uma das patrocinadoras do Rally da Safra. Além disso, segue aumentando sua carteira de clientes firmando diversas parcerias com empresas e entidades relevantes do segmento como a Cecafé, Grão Direto, AgroLend, Raízen e outras.

A credibilidade dos dados da Serasa Experian passa a suprir uma lacuna de informação no setor, principalmente, a respeito dos pequenos produtores rurais, que não tinham seus perfis adequadamente visíveis no mercado de crédito, dificultando o acesso desses trabalhadores ao recurso financeiro. Atuando na cadeia agro como um todo, já que beneficia tanto credores como produtores, a companhia também realiza estudos e indicadores inéditos que trazem luz ao cenário do agronegócio no país.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
OPROGRESSONET Publicidade 1200x90