MENU

01/08/2022 às 11h49min - Atualizada em 04/08/2022 às 00h01min

Na retomada cultural paulistana, selo RCKB foca no fortalecimento da música brasileira com sede própria: a Casa Rockambole

SALA DA NOTÍCIA Da Lira Cultural
De São Paulo, o Selo Rockambole (RCKB) atualmente se coloca como uma produtora cultural, pois, além de gerenciar a carreira das bandas que integram seu casting fixo - O Grilo, Dingo, Pluma, Reolamos, Daparte e Scatolove -, agora também traz sob seu guarda-chuva de produção o Bolo de Rolo, um sub selo focado em novas bandas e artistas solos espalhados por todo o Brasil, como Aquino e a Orquestra Invisível (RJ) e Soprü (TO). Na retomada da música depois de mais de dois anos sem shows ao vivo, a empresa vem se firmando como uma comunidade cultural ativa e plural e, mais do que isso, um ambiente seguro tanto para artistas quanto para consumidores de música e arte.

Desde março de 2022 essa comunidade tem sede, ou “pólo de resistência”, como define Fernando Cescon, um dos sócios idealizadores do espaço. A Casa Rockambole, no coração da Vila Madalena, é um espaço que se propõe não somente a receber bandas e festas de São Paulo e de outros estados, como oferece sua estrutura para a realização de atividades culturais variadas, sejam eventos públicos ou fechados - que se conduzem, inclusive, para outras linguagens artísticas além da música, como as artes visuais, o teatro e o cinema. A Casa é também o centro de operações do selo RCKB e recebe dentre seus eventos o Rockambaile, festa que evidencia o universo musical Rockambole, juntando fãs, integrantes das bandas do selo e equipe para cantar em formato karaokê ou formar uma banda inusitada (Rockamfarra). 

Com toda a movimentação, o RCKB fortalece seu DNA de incubadora de novos artistas, agora explorando outras áreas e público, a fim de se tornar uma empresa referência no que diz respeito à curadoria, gestão de carreira e produção cultural. O selo e a Casa Rockambole conectam-se então como diferentes frentes de ação do RCKB, que agora também já passa a integrar o mapa e o calendário cultural da cidade de São Paulo.  

"A ideia do Rockambole é ser um espaço seguro para bandas que já possuem uma carreira em andamento e necessitam de espaço para tocar, seja para um público de 100 ou até 300 pessoas. É ao redor destes projetos que queremos criar essa comunidade, visando ajudar bandas e artistas que a gente entende que estão nesse caminho, com carreiras que estão em movimento e que precisam de mais esse passo”, comenta Cescon. “O objetivo é que seja um espaço de impulsionamento desses artistas e bandas, seja pelos shows, trocas de backstage ou encontro com público, nos firmando cada vez mais como um espaço de acolhimento e exposição para projetos que já estão em movimento", completa.
 

Crédito: Marcelo Renda

 

“O cenário da cultura no Brasil, atualmente, não vem sendo dos mais fáceis de se operar. Mas ao lado de tantos outros selos e iniciativas independentes Brasil afora, o RCKB vislumbrou uma oportunidade única de arregaçar as mangas e movimentar nosso setor de um modo mais diverso e acessível”, explica o CEO da gravadora, Ygor Aléxis. “Estamos dedicados a fazer parte deste momento e reativar mais um polo artístico em São Paulo. Nossa curadoria vem trabalhando em eventos variados justamente para que a Casa Rockambole seja um lugar plural, que todo mundo se sinta bem e queira voltar”. 

Aléxis também aponta sobre a importância do espaço no acolhimento de novos artistas e bandas que nem sempre conseguem tocar em outros palcos do circuito autoral paulistano. “São Paulo agrega uma quantidade enorme de artistas independentes e nem todos os locais que temos dão conta de represar essa demanda. A Casa Rockambole surgiu para fortalecer esse pessoal, receber projetos que batalham para se apresentar na cidade e cujo público é fiel e comparece. Vem dando certo”. 

Outro destaque do RCKB é o seu edital anual, com duas edições já realizadas, nas quais um artista solo é selecionado para receber uma produção total de um EP inédito, além de receber um suporte da equipe do selo em âmbitos como marketing digital, concepção estética e assessoria de imprensa, entre outras. 

Casa Rockambole

R. Belmiro Braga, 119 - Pinheiros, São Paulo

Ingressos: https://www.sympla.com.br/eventos?s=CasaRockambole&tab=eventos&ordem=date 

Formas de pagamento da casa: dinheiro, cartões de débito e crédito

Capacidade da casa: 600 pessoas

Classificação etária: 16 anos - 10 a 15 anos acompanhados de pais ou responsáveis legais

Acessibilidade: sim

Estacionamento próprio: não

Chapelaria: não 

Área de Fumantes: sim


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »