MENU

01/04/2022 às 22h22min - Atualizada em 01/04/2022 às 22h22min

Lázaro Botelho deixa cargo de secretário para disputar eleição de deputado federal

Lázaro Botelho, representante de Araguaína e do norte do Tocantins, deputado por três mandatos

Assessoria
Foto: Divulgação
 
O deputado federal araguainense Lázaro Botelho (PP) foi exonerado, a pedido, do cargo de secretário extraordinário de Ações Estratégicas da gestão do governador Wanderlei Barbosa (Republicanos). Ele estava na função desde novembro de 2021.

A exoneração foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira, 31 de março. O substituto ainda não foi nomeado.

Lázaro também integrou a gestão do ex-governador Mauro Carlesse (UB) como Assessor de Participação Social e Políticas de Governo. Ele foi deputado federal por três mandatos consecutivos [2007 a 2018] e ficou como primeiro suplente na última eleição.

A exoneração ocorre em razão do prazo previsto na legislação eleitoral para que os futuros candidatos deixem cargos públicos, a chamada ‘desincompatibilização’.

Otoniel Andrade
O ex-prefeito de Porto Nacional, Otoniel Andrade, também pediu exoneração do cargo de secretário Extraordinário de Políticas de Governo Descentralizadas, da Secretaria Executiva da Governadoria. Ele vai disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Seu irmão, o atual presidente da Casa, Antônio Andrade, deve concorrer a federal pelo União Brasil.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »