MENU

16/03/2022 às 11h45min - Atualizada em 17/03/2022 às 09h51min

Vanessa Bumagny apresenta seu "Cinema Apocalipse" no Sesc Pompeia com Fernanda Takai

Álbum tem participações de Zeca Baleiro, Chico César e Fernanda Takai; show acontece no Sesc Pompeia, em São Paulo, dia 19 de março

SALA DA NOTÍCIA Da Lira Cultural
Vanessa Curci: Uma estratégia pra ganhar é a luta ter algo de dança.

Vanessa Bumagny mostra o álbum "Cinema Apocalipse", quarto trabalho da carreira que já soma 30 anos, ao vivo no dia 19 de março, no Sesc Pompeia, em São Paulo. Depois de dançar entre o bolero e o arrocha nas já mostradas faixas "Quem Ama Sofre", parceria com Luiz Tatit, e "Cinema Ilusão", que ganhou videoclipe e tem co autoria com Zeca Baleiro e que tem vozes de Zeca e Chico César; expor seu medo e incerteza em "Canção para Ninar o Apocalipse" e expressar sua ansiedade e desejo visceral com "Fome de Tudo", também com Chico César, Vanessa apresenta mais seis faixas inéditas, dentre elas A Ousadia, ao lado de Fernanda Takai, que participa do show de lançamento do álbum. Os ingressos variam entre R$20 e R$40 e podem ser adquiridos no site do Sesc a partir do dia 15 ou presencialmente nas unidades a partir do dia 16 de março.  

“Cinema Apocalipse'' reúne dez faixas, incluindo o poema "Lady Lazarus", originalmente de Sylvia Plath, musicado por Vanessa. Quem assina a produção do disco é Rafael Castro, selando ainda mais uma parceria iniciada em 2019, quando o produtor e músico pediu uma canção de Bumagny para produzir e incluir em seu disco: "Levei minha parceria com o Luiz Tatit em "Quem Ama Sofre", e gostei tanto do resultado que resolvi ficar com ela pra mim, não sem antes negociar com o Rafa e prometer que daria outra canção pra ele. Eu já estava procurando um produtor pra fazer um disco novo e naquele momento senti que tinha encontrado". 

Ao lado de Rafael Castro, Vanessa Bumagny foi construindo o disco durante a pandemia, em meio a muitos dos sentimentos vividos neste momento atípico, incerto e desafiador. Logo no início de sua audição, “Cinema Apocalipse'' ecoa "Tudo Está Bem” - Eles te querem exausto e triste, a alegria é a maior revolução que existe -, uma canção que celebra a reabertura gradual da vida em sociedade, a sobrevivência e a vida. O disco também fala de amor, ainda que de forma irônica e irreverente, como em “A Ousadia'”, que tem parceria e participação de Fernanda Takai, e “Eu Sei Ficar Só”.  

É, de modo geral, um disco que vai dos anseios coletivos aos desejos íntimos, resistindo sem perder a ternura. São músicas para embalar o apocalipse, sob o desejo pulsante de Vanessa, com o qual qualquer um é capaz de se identificar. Bumagny despontou na música com seu debut "De Papel" (2003). Na sequência lançou "Pétala por Pétala" (2009), com produção assinada por Zeca Baleiro, e "O Segundo Sexo" (2014). Em 2018, a faixa "O Que For Melhor" virou trilha sonora da novela As Aventuras de Poliana (SBT); em 2019 teve a canção "Pétala por Pétala", uma parceria com Chico César, gravada por Daniela Mercury. Desde então mostra faixas do disco que chega, enfim, agora.

Serviço

Vanessa Bumagny lança Cinema Apocalipse (participação Fernanda Takai)

Dia 19/03, sábado 

Horário: 21h 

Ingressos R$20 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$20 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$40 (inteira).

Sesc Pompeia: Rua Clélia, 93 -  Água Branca, São Paulo

Venda online a partir de 15 de março, terça-feira, às 14h.

Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 16 de março, quarta-feira, às 17h.

Classificação indicativa: 12 anos


Notícias Relacionadas »
Comentários »