MENU

11/01/2022 às 22h44min - Atualizada em 11/01/2022 às 22h44min

​Delegacia da Mulher fecha Balanco de 2021 com saldo posivitivo no combate à violência

Foram 660 inquéritos concluídos e 721 Boletins de Ocorrência registrados

Assessoria
Delegada Ana Maria Varjal, titular da DEAM - Foto: Divulgação
 
A 3ª Delegacia de Atendimento à Mulher (3ª DEAM) de Araguaína divulgou um balanço das ações realizadas pela unidade ao longo do ano de 2021. Foram registrados 721 Boletins de Ocorrência relacionados a violência doméstica e 567 medidas protetivas de urgência foram solicitadas à Vara de Combate à Violência Doméstica Montra a Mulher.

Também foram registrados 93 boletins de ocorrência relacionados a descumprimentos de medidas protetivas de urgência; 419 inquéritos policiais instaurados visando apurar a autoria e materialidade dos BOs, bem como, 660 inquéritos policiais finalizados e encaminhados ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Conforme a delegada Sarah Lílian, os expressivos números são fruto do esforço e dedicação das equipes que compõem a 3ª DEAM, no combate diário aos crimes praticados contra a mulher na segunda maior cidade do Estado do Tocantins.  

“O trabalho em equipe nos possibilitou dar assistência e identificar e prender vários agressores e com isso ajudar um número bem expressivo de vítimas de violência doméstica. Enquanto delegada de polícia, encerro o ano de 2021 com o sentimento de missão cumprida, e com a satisfação de ter garantido a justiça”, frisou a autoridade policial. 

A delegada Ana Maria Varjal pontuou que o trabalho realizado pela 3ª DEAM foi de extrema importância no sentido de combater a violência contra a mulher em todas as modalidades, fazendo com que os crimes dessa natureza não ficassem impunes e também saíssem da invisibilidade.

“Os números demonstram o empenho de toda equipe visando resguardar os direitos das vítimas concedidos pela Lei Maria da Penha. Mediante as ações realizadas a Polícia Civil reafirma o compromisso em combater qualquer tipo de violência praticada contra a mulher nos termos da lei 11.340/06, bem como evitar que tais casos possam evoluir para possíveis feminicídios”, ponderou a delegada Ana Maria. 

Para Atendimento na DEAM
O Delegacia da Mulher está aberta de 08h as 14h. Após esse horário a vítima pode se dirigir à Delegacia de Plantão que fica aberta 24 horas.

As denúncias também podem ser feitas pelo whatsApp (63) 3411-7310 (número da Delegacia) ou 180 (canal nacional para denúncias de violência doméstica).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »