Presidente

O deputado estadual Wellington do Curso foi eleito presidente do Parlamento Amazônico durante o 22º Congresso Nacional da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale). Ao ser eleito presidente do Parlamento Amazônico, Wellington destacou a responsabilidade e reafirmou seu compromisso na luta por melhorias para garantir um meio ambiente sustentável e com preservação da vida. A entidade foi presidida de 2017 para 2018 pelo deputado estadual Coronel Chagas, de Roraima.

Popular
 
"Em nosso mandato como deputado estadual na Assembleia Legislativa do Maranhão, a participação popular e a luta por meio ambiente sustentável são prioridades. É uma grande responsabilidade presidir o Parlamento Amazônico. Afinal, essa função refletirá em todo o Brasil, mas encararei essa missão com um só objetivo: o de trazer melhorias para o Maranhão e demais estados", pontuou Wellington.

Outros
 
Além do deputado Wellington, foram também eleitos: como secretário geral, o deputado Júnior Verde (PRB); como tesoureiro, o deputado Rafael Leitoa (PDT); e como membro do Conselho Fiscal, o deputado César Pires (PV).

Parlamento Amazônico

O Parlamento Amazônico é formado por deputados estaduais dos nove estados que compõem a Amazônia Legal brasileira: Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Tocantins. O grupo busca soluções para problemas vivenciados na Amazônia, com alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico.

Acidente

O prefeito Nelson Horácio passa bem após seu carro ter capotado na BR-226, entre Lajeado Novo e Grajaú. O motorista Geovane e o secretário Dyonatha Marques também estão bem. O carro em que viajavam três pessoas, entre elas o prefeito Nelson Horácio, o secretário municipal de Administração, Marques, e o motorista, capotou na rodovia BR-226 após, segundo informações, ter estourado um dos pneus (supostamente por causa dos buracos na estrada).

Ferimentos

O acidente foi no finalzinho da tarde de segunda-feira (14), próximo à cidade de Grajaú. Os ocupantes do carro tiveram ferimentos leves e, mesmo assim, foram levados ao Hospital Regional de Grajaú, onde foram atendidos. Horas depois do acidente, o prefeito divulgou foto nas redes sociais, onde aparece fazendo sinal de positivo, indicando estar tudo bem, apesar do susto que levou com os dois companheiros.

Coragem

"Será que o Francisco, do Sindicato dos Professores, teria coragem de dizer para todo mundo de Imperatriz que eu ofereci na reunião o percentual de 6,81%, percentual este que alcançaria o piso nacional que eles tanto almejam, mas ele recusou e achou melhor o aumento no vale alimentação? Isso foi dito na presença de todos os participantes da reunião. Portanto, acho uma tremenda covardia fazer uma nota dessa", do prefeito Assis Ramos sobre a nota do presidente do Sindicato dos Professores divulgado nas redes sociais em que critica a administração por não aceitar a proposta do acordo coletivo.

Estacionamento

É preciso coragem para colocar em prática decisões em torno da organização da cidade e que provocam reações da população que, embora querendo uma cidade melhor, com trânsito fluindo normalmente e com locais para se estacionar, não aceita a organização. Ao criar a lei que foi aprovada pela Câmara instituindo o estacionamento rotativo, Assis Ramos mostra que vai firme no caminho da organização. E mais: foi um dos seus projetos apresentados na campanha.

Regulamentando

Outra coisa: o estacionamento rotativo ainda está sendo moldado de forma a não criar embaraços e preocupações para os motoristas e está incluído em lei federal. Pelos estudos, apresenta uma melhora sensível ao tráfego nas mais de 90 cidades que já criaram esta forma. E mais: Imperatriz já teve estacionamento rotativo chamado de área verde, azul e amarelo. Foi na gestão de Ildon Marques e não foi criado todo este mimimi. Em todas as cidades onde foi implantado está dando certo e melhorou muito o trânsito. Portanto, manda ver, prefeito!