Reajuste

Ao contrário de anos anteriores, ontem a Câmara aprovou projetos de lei do Executivo que dispõem sobre reajuste salarial dos servidores sem polêmica e nem servidores ocupando galerias e protestando. Houve reajuste dos agentes de endemias; agentes de trânsito; enfermeiros efetivos; servidores efetivos da Educação; da saúde e dos servidores efetivos da administração direta e indireta. Foi um reajuste de 6% para a educação com retroativo, a ser pago em novembro, e 3% para as demais categorias, sem retroativo.

Sem federal

Nos últimos dois dias foi divulgado que o vereador Hamilton Miranda (PP) estaria apoiando para deputado federal o candidato Gil Cutrim (PDT). Ontem, em contato com a coluna, o parlamentar revelou que "não vou fazer campanha para nenhum candidato a federal". Mas para estadual Hamilton está engajado na campanha do deputado Marco Aurélio (PCdoB).

O que está havendo?

Em discurso na sessão de ontem, o vereador Bebé Taxista (PEN) disse que depois das eleições vai aumentar o número de vereadores que fazem oposição ao Executivo. Logo em seguida, a vereadora Irmã Telma se queixou da administração municipal. Seria ela um provável "adesista" da oposição. É aguardar.

Firme

O vereador Chiquim da Diferro (PSB) desmentiu os boatos de que não estaria apoiando a candidatura do ex-prefeito Ildon Marques de Souza (PP), que disputa o mandato de deputado federal. "Apoio Ildon Marques, sim, e não é por dinheiro. Nem por um litro de gasolina", reafirmou o vereador, que tem acompanhado o ex-prefeito nas últimas eleições.

Apoio

O candidato a deputado federal Esmerahdson de Pinho (PMN) anunciou que vem recebendo apoios importantes para a sua campanha. Ele está otimista e diante da possibilidade da coligação fazer dois deputados e com votação das menores do estado, acredita que estará no Congresso Nacional a partir de janeiro. Nesta semana espera ter mais apoios para consolidar seu projeto.

Ação

A coligação "Todos pelo Maranhão", encabeçada pelo candidato à reeleição Flávio Dino (PCdoB), entrou com ação na Procuradoria Geral da República (PGR) após uma campanha da candidata Roseana Sarney (MDB) ter veiculado a notícia considerada falsa anunciando que Flávio Dino estaria inelegível. Segundo os advogados, "é fato público e notório que o candidato Flávio Dino não está inelegível, até porque já teve seu registro de candidatura deferido pela Corte deste Tribunal Regional Eleitoral". Vale observar que, pelo menos até a tarde de ontem, no site do TSE o pedido de registro da candidatura estava "deferido com recurso".

Pulou

O presidente municipal do PCdoB de Porto Franco, Dejardes Abreu, divulgou um vídeo em que declara adesão à candidatura de Roberto Rocha (PSDB). Ele pede desculpa à população "por ter votado e pedido voto para Flávio Dino" e elogia o candidato a governador tucano. "Roberto Rocha é um homem de compromisso, homem de respeito, homem de seriedade que também não apoia ações deste governador que traiu e enganou o nosso povo", afirmou o comunista de Porto Franco.