Polêmica da tripa

Na semana passada, a Câmara Municipal de Imperatriz aprovou projeto de lei do vereador Carlos Hermes (PCdoB) criando o Dia Municipal da Panelada, a ser comemorado no aniversário da cidade, 16 de julho. A iniciativa foi elogiada por uns e criticada por outros, sendo inclusive motivo de gozações. Na sessão de ontem, o presidente da Câmara, José Carlos Soares Barros, usou a tribuna para fazer um discurso em defesa de Carlos Hermes, chegando a chamar os críticos de “gaiatos das redes sociais, “idiotas” e “imbecis”. Conhecedor de fatos históricos de Imperatriz, Zé Carlos lembrou que o primeiro vendedor de panelada foi o senhor Acrísio Xavier Costa, que faleceu em 2003 aos 79 anos. Zé Carlos disse não ver nada demais criar o Dia da Panelada, prato típico da cidade feito de bucho e tripa do boi.

Lula de Imperatriz

O vereador Aurélio Gomes (PT) faz questão de ser chamado de “Aurélio Lula”. No Congresso Nacional, parlamentares pediram aos presidentes das duas Casas que incluíssem “Lula” em seus nomes quando chamados no painel. Essa onda começou quando o ex-presidente foi preso.

Olha aí!

Em nota, a assessoria de imprensa de Roberto Carlos garantiu que não autorizou o uso da imagem do cantor pelo pré-candidato a deputado estadual Duarte Júnior (PCdoB). A postagem foi feita na conta pessoal do pré-candidato. Na imagem, Roberto Carlos aparece com o punho cerrado e a hashtag #TôcomDuarte. O caso foi encaminhado ao setor jurídico. Duarte Jr. é ex-presidente do PROCON-MA. Portanto, não cometeu a ilegalidade inocente. É sabedor das leis.

Suplente

O deputado federal José Reinaldo Tavares, pré-candidato a senador pelo PSDB, já teria escolhido o seu 1º suplente. Trata-se de Catulé Júnior, liderança política de Caxias que foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2014. Ele é filiado ao PSDB, e não ao PMN do pré-candidato a governador Eduardo Braide, como saiu nas redes sociais.

E...

O senador Edison Lobão manterá o seu filho, Edinho, como primeiro suplente. Já o Pastor Bel não deverá permanecer na chapa.

Ausência

Mais uma vez, a participação da mulher no processo eleitoral será diminuta, este ano. Poucas, na verdade apenas duas, decidiram “meter a cara” e correr atrás de votos. São a vereadora Fátima Avelino (MDB) e a jovem advogada e empresária Mariana Carvalho (PSL). A dificuldade dos partidos para atrair mulheres para participar das eleições parece que vai ser grande nessas eleições.

Pré-candidatos

O quadro de pré-candidatos para a disputa eleitoral este ano parece que já está definido em Imperatriz e não haverá surpresas. Os nomes já são conhecidos e estão em pré-campanha. Marco Aurélio (PCdoB), Léo Cunha (PSC) e Antonio Pereira (DEM) vão para a eleição. Entre os novos pretensos aparecem o Pastor Alex (PMN), Rildo Amaral (SD), Mariana Carvalho (PSL), Rosângela Curado (PEN), Jota Ribamar (PSDB), Fátima Avelino (MDB), Aurélio Lula (PT) e Ricardo Panelão (PMN). Para federal, há Sebastião Madeira (PSDB), Ildon Marques (PP), Raimundo Cabeludo (MDB), Davizinho (PR) e Esmerahdson de Pinho (PMN).