Rendendo
 
Na sessão de ontem da Câmara Municipal de Imperatriz voltou a ser abordado o caso do veto do prefeito Assis Ramos ao projeto de lei sobre a abertura dos portões das escolas meia hora antes do início das aulas. Sobrou principalmente para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz (STEEI), Francisco Messias da Silva, que se manifestou em defesa do veto ao projeto. Os vereadores se sentiram ofendidos, dizendo que durante a sua entrevista o líder classista teria dito que a única coisa que eles sabem fazer é “maltratar os professores”. O vereador Carlos Hermes (PCdoB) foi contundente, chamando Francisco de pelego. Aurélio Gomes (PT) também não poupou críticas. Treze vereadores foram contrários e seis favoráveis ao veto, demonstrando que parte da base governista votou contra o Executivo.

E...

Os desdobramentos da votação do veto podem gerar racha na base governista. Em função da visita do prefeito à Câmara no momento da discussão do veto, alguns vereadores estão demonstrando descontentamento. Ontem, um vereador disse à coluna que haveria o risco de um racha, com a possibilidade da Oposição, que hoje tem quatro vereadores, se tornar maioria no Palácio Dorgival Pinheiro de Souza. O vereador Hamilton Miranda, líder do Governo, foi visto pela manhã conversando com alguns colegas. Saiu da Câmara acompanhado de Bebé Taxista, Adhemar Jr., Paulinho Lobão e Ditola Castro.

Disputa

O Estado do Tocantins poderá ter mais de meia dúzia de candidatos ao Palácio Araguaia. Além do governador Marcelo Miranda (PMDB), já se manifestaram pré-candidatos o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), a senadora Kátia Abreu (sem partido), o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), o senador Ataides Oliveira (PSDB), o ex-juiz Márlon Reis (REDE) e o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS). O PT também deve lançar um nome, tendo como opção o deputado estadual Paulo Mourão. O ato de lançamento da pré-candidatura de Ronaldo Dimas está marcado para o dia 4 de dezembro, conforme nota assinada pelo presidente estadual do PR, senador Vicentinho Alves.

Hoje

Ontem, uma fonte ligada à ex-candidata a prefeita Rosângela Curado informou que ela deverá vir a Imperatriz nesta sexta-feira. Curado não veio à cidade depois do episódio da “Operação Pegadores”, realizada pela Polícia Federal no dia 16 de novembro. Correligionários estão na expectativa. Querem manifestar apoio à liderança pedetista nesse momento difícil.

Reação

Três frentes parlamentares manifestaram, em audiência pública com a presença de vários trabalhadores do grupo Eletrobras, posição contrária à privatização das estatais de energia elétrica. As frentes defendem a aprovação pelo Plenário de proposta que prevê referendo popular antes da venda da empresa. O governo anunciou a venda de subsidiárias da empresa nos estados em agosto e previu R$ 12 bilhões de arrecadação no Orçamento de 2018.

Caminho

O prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), esteve ontem em  em São Luís. Pretenso candidato a governador, Dória afirmou que “o caminho do PSDB não é nem à esquerda, nem à direita, mas para frente”. Ele manteve encontro com empresários na Fiema e o senador Roberto Rocha. Também visitaria a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).