MENU

27/08/2021 às 17h04min - Atualizada em 27/08/2021 às 17h04min

Gestora Regional de Educação explica suspensão de aulas em algumas escolas de Imperatriz

ASCOM-Unidade Regional de Educação
Gestora da Regional de Educação de Imperatriz, Orleane Santana - Foto: Divulgação
 
Quatro escolas da rede estadual de ensino estão com aulas presenciais parcial ou totalmente suspensas. Três destas escolas seguem com aulas apenas em formato remoto: Dorgival Pinheiro de Sousa, Militar Tiradentes e Graça Aranha.

Segundo a Gestora da Regional de Educação de Imperatriz (UREI), Profa. Dra. Orleane Santana, a suspeição parcial ou total das aulas presenciais não significa dizer que os alunos ficarão sem aprendizagem, tendo em vista que os conteúdos poderão ser aplicados via sistema remoto (on line) e com isso manter o calendário letivo. 

A suspeição das aulas presencias nestas escolas serão por 14 dias, salvo o Graça Aranha, que por três dias manteve os alunos em casa, fez testagem dos casos suspeitos de sua comunidade - todos resultaram em negativo.

“Após catorze dias voltaremos ao sistema hibrido, que é quando o aluno vai a escola dia sim, dia não, e, as escolas a partir deste formato estarão trabalhando com apenas 50% da quantidade de total de alunos o que assegura o distanciamento social”, afirmou a Profa. Dra. Orleane Santana. 

Segundo a Gestora de Educação, cada caso será avaliado em comunicação com o conselho escolar e os pais dos alunos, que serão orientados a não permitirem que os filhos frequentem a escola com sintomas gripais. A orientação é de que qualquer suspeita deve ser comunicada a Direção Escolar que informará à UREI que fará os encaminhamentos para fazer a testagem dos casos suspeitos.

“Não há motivo ainda para maiores preocupações.  O uso de máscara e de assepsia das mãos com álcool em gel protegem em 75 a 80 por cento e estas medidas estão sendo tomadas por todas as nossas escolas. Então mesmo tendo três situações de testagem positiva nas escolas, a comissão de saúde dessas escolas decidiu suspender por catorze dias as aulas presenciais por medida de segurança. Após esse período retornaremos ao formato hibrido,” explicou a Gestora Regional de Educação.

As aulas retornaram em 2 de agosto deste ano. Por enquanto nossas escolas seguem normalmente as recomendações e protocolos de biossegurança para continuarmos trabalhando com nossos alunos no sistema hibrido, uma forma mais eficaz de minimizar as perdas na aprendizagem. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...