MENU

24/08/2021 às 21h07min - Atualizada em 24/08/2021 às 21h07min

​Imperatriz vai ter de ‘vencer ou vencer’, diz o presidente Wagner Ayres

O presidente reconhece que o Imperatriz tem apenas 30% de chances de se classificar

Dema de Oliveira
Presidente Wagner Ayres assumiu que foi sua a ideia de encerrar o ciclo com Samuel Cândido - Foto: Vagner Ayres/Assessoria SID
 
Em entrevista coletiva concedida na noite da última segunda-feira (23), o presidente do Imperatriz, Wagner Ayres, disse que para o Imperatriz agora, só resta vencer ou vencer. O presidente reconhece que o Imperatriz tem apenas 30% de chances de se classificar. “É uma classificação remota”, destacou.

No que se refere a demissão do treinador Samuel Cândido, Wagner Ayres disse que o futebol vive de resultados. “A demissão do treinador Samuel Cândido foi uma opção minha. Achei que mesmo faltando apenas duas rodadas, conversei com o Samuel, ele entendeu e acertamos sua saída”, disse. 

Wagner Ayres, respondendo à pergunta de que já teria jogado a toalha, disse que acredita no trabalho de Charles Guerreiro, que conhece o grupo. Wagner Ayres disse que o Imperatriz não poderia continuar na trajetória que estava indo, com duas derrotas seguidas, por isso resolveu pela saída de Samuel Cândido. 

Falando sobre Charles Guerreiro ter assumido o comando técnico do time, o presidente disse que já era para ele ter assumido, desde a saída de Mirandinha. Entretanto, preferiu permanecer no cargo de diretor de futebol. “Vamos apostar na cartada final com Charles Guerreiro”, disse.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...