MENU

24/08/2021 às 19h25min - Atualizada em 24/08/2021 às 19h25min

Parceria entre SENAI e Suzano realiza aula inaugural da primeira turma de qualificação profissional exclusiva para pessoas com deficiência

A iniciativa visa qualificar 25 alunos no curso de Auxiliar de Produção de Celulose em Imperatriz

Coordenadoria de Comunicação e Eventos do Sistema FIEMA
O curso, totalmente gratuito, é voltado exclusivamente para pessoas com deficiência (PcD’s) e terá duração de três meses - Fotos: Divulgação
 
Os limites físicos e sociais nunca foram empecilho para o jovem Jadson Gomes da Silva, que aos 11 anos, descobriu a deficiência visual e já conclui duas graduações, quatro pós-graduações e hoje integra a primeira turma no Maranhão do curso de Auxiliar de Produção de Celulose, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e a Suzano, em Imperatriz. O curso, totalmente gratuito, é voltado exclusivamente para pessoas com deficiência (PcD’s) e terá duração de três meses.

“Vejo essa oportunidade como uma maneira de valorização para nós, que somos deficientes, e para demonstrarmos perante a sociedade a nossa capacidade de nos integrarmos cada vez mais. Cada um dos colegas aqui passou por um processo seletivo, o que demonstra a nossa competência e vontade de buscar capacitação. Espero que essa iniciativa sirva de exemplo para as demais empresas e que nos ajude a quebrar preconceitos”, destaca Jadson Gomes de Oliveira.

Durante a aula inaugural, que contou com a participação de executivos da Suzano e representantes do SENAI, os alunos receberam material didático do curso e puderam esclarecer dúvidas. A capacitação é ministrada por instrutores do SENAI, e conta com a participação de colaboradores da Suzano nos módulos práticos. O curso prevê formação teórica e prática de 200 horas, sendo 20 horas semanais, divididos em 4 horas por dia, de segunda-feira a sexta-feira. 

ACESSIBILIDADE- Por se tratar de uma turma formada exclusivamente por pessoas com deficiência (PcD’s), o SENAI realizou adaptações, para melhorar o espaço, além de disponibilizar o intérprete de libras e pretende adequar ainda mais os seus laboratórios. 

A parceria com o SENAI, é uma das muitas iniciativas da Suzano, que tem ampliado suas ações na promoção de um espaço mais inclusivo e acessível para todos os grupos de afinidade como mulheres, negros, LGBTQI+, gerações e pessoas com deficiência (PcD’s). 

“Contamos com metas de diversidade a longo prazo, e dentre elas, está a de tornar o ambiente de trabalho 100% inclusivo para a comunidade LGBTI+ e para pessoas com deficiência. Em nossos processos de seleções, buscamos eliminar barreiras, construindo assim, uma força de trabalho mais diversa. Iniciativas como essa são extremamente importantes para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.”, destaca Edson Helio Alves de Melo Filho, Gerente Executivo de Produção de Celulose na Suzano, Unidade Imperatriz, que esteve presente na aula inaugural e conversou com os alunos. 

Na ocasião, de forma remota, também deram as boas-vindas aos participantes os Diretores Industriais da Suzano, José Alexandre de Morais e Paulo Silveira, que também é sponsor do projeto, e o Gerente Executivo Industrial da Suzano no Maranhão, José Wilhelms Ventura.

Para o gerente do SENAI Imperatriz, Juares Sanches, a iniciativa é um desafio e também uma grande oportunidade para os alunos maranhenses. “Essa é a primeira turma que estamos abrindo com esse perfil e nessa área de qualificação no Maranhão. Portanto, é um desafio pro SENAI e também para os alunos que tem a oportunidade de serem protagonistas da sua própria carreira”.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...