MENU

10/08/2021 às 20h07min - Atualizada em 10/08/2021 às 20h07min

Preso em São Luís hacker que invadiu celular do governador do Ceará

Ele é considerado chefe da organização criminosa que aplica golpes por meio de aplicativo de mensagens

Polícia Civil do Ceará
Leonel Júnior foi preso em uma casa de alto padrão na capital maranhense - Foto: Divulgação
 
Foi preso no domingo (8) o hacker Leonel Silva Pires Júnior, de 33 anos, acusado de invadir e clonar o celular do governador do Ceará, Camilo Santana (PT). A prisão foi realizada em casa de alto padrão em São Luís.

Segundo a investigação da Polícia Civil do Ceará (PCCE), o hacker tinha como objetivo acessar os celulares de autoridades para desviar verbas públicas da saúde e da educação.

Leonel Silva Pires Júnior já havia sido capturado por crimes semelhantes pelas polícias Federal (PF) e Civil do Maranhão (PCMA), em 2018 e em 2019, respectivamente. “Ele é um hacker altamente capacitado, que era especializado em desvio de recursos públicos através de estratégias cibernéticas e tecnológicas”, define o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), Sandro Caron.

O nome do governador Camilo Santana foi utilizado para tentar acessar um recurso do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que era destinado a um município do Pará.

De acordo com as investigações, Leonel Júnior também tentou clonar o aparelho celular de um ministro do Governo Federal, outros dois governadores e pelo menos cinco prefeitos. Os nomes das autoridades e os Estados onde atuam não foi revelado pela Polícia, para não atrapalhar outras investigações.

Leonel Júnior foi autuado pelos crimes de invasão de dispositivo eletrônico, estelionato tentado e consumado. E ainda será investigado por lavagem de dinheiro e furto mediante fraude. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...