MENU

04/08/2021 às 19h11min - Atualizada em 04/08/2021 às 19h11min

Operação da Polícia Civil prende mais um envolvido no latrocínio de tenente da PM

Assessoria-PC-MA
Policiais civis de Viana deram apoio na ação policial - Foto: Divulgação/Assessoria/PC-MA
 
Na manhã dessa quarta-feira (4), a Polícia Civil do Maranhão prendeu mais um suspeito de participar do latrocínio (roubo seguido de morte) contra um tenente do Corpo de Bombeiros Militar, identificado como Laércio Henrique de Sousa. O tenente foi morto em março de 2020, em São Luís, ao tentar impedir um assalto a um entregador de Delyveris.

Segundo a polícia, o suspeito de participar do crime é integrante de facção criminosa e foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. A prisão foi realizada no Povoado Tucum, no município de Bacurituba. Na ocasião, a mãe dele também foi presa preventivamente pelo crime de tráfico de drogas.

As prisões foram realizadas por policiais civis de três departamentos da Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) e do Grupo de Pronto Emprego (GPE) de Pinheiro.

Mãe e filho foram entregues ao Sistema Penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça. O homem é investigado por ter participado do crime de latrocínio cometido em março de 2020, que vitimou o tenente do Corpo de Bombeiros Laércio Henrique de Sousa.

O crime foi cometido no bairro Gapara, em São Luís, quando o tenente passava pelo local e tentou impedir um assalto que o ocorria a um entregador. Houve troca de tiros e o tenente foi baleado, não resistindo aos ferimentos.

Após o crime, o indivíduo tomou rumo ignorado e permaneceu foragido. Outro suspeito de participar do crime foi preso no dia 20 de maio deste ano. 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Loading...